quinta-feira, 31 de maio de 2012

PREFEITO JOSÉ HAMILTON PASSA MAL E VAI IMPLANTAR CATETER EM TERESINA


Fomos informados agora à tarde que o prefeito de Parnaíba, José Hamilton Castelo Branco, após sentir um rápido mal estar em Parnaíba, com problemas no coração, teria sido aconselhado por médicos a ir para Teresina para a implantação de um cateter.Procuramos mas não conseguimos confirmar a informação junto à Secretaria de Comunicação do Município.
Fumante inveterado, não é a primeira vez que José Hamilton é surpreendido com sinais de complicações cardíacas. 
Por Bernardo Silva

CURSO DE INGLÊS DR. RAUL FURTADO BACELLAR NIVEL BÁSICO


A Fundação Raul Bacellar, abre matriculas para turmas de Inglês no turno da noite, essa conquista ocorreu devido à ajuda da Casa Brasil, que cederá seu excelente espaço físico para que as aulas aconteçam. Com isso, poderemos atender a comunidade que não tem disponibilidade para estudar durante o dia. Nosso curso não tem finalidades lucrativas, a preferencial de matriculas são para estudantes de escolas públicas ou que tenham concluído o ensino médio em escolas públicas, atender a comunidade de baixa renda. O aluno contribui com uma taxa de R$ 15,00 por mês.(incluso material didático para aulas, exercícios de escrita e de áudio)
1-        OBJETIVO :  Ensinar a língua inglesa de uma forma agradável e conscientizar a sociedade à importância de aprender outro idioma.É inegável que a língua inglesa, esteja cada vez mais se tornando universal no Brasil, pois o conhecimento em língua estrangeira é hoje considerado um direito, um requisito para o exercício de uma cidadania plena, não apenas para os alunos em fase escolar, mas para toda população.
As turmas da noite funcionaram na CASA BRASIL, localizada na Avenida Coronel Lucas, 644, (próximo a Escola Normal). Início das Aulas na terça-feira dia 05/06
TURMA 05 – Terças e Quintas das 19 às 20h – 20 vagas – CASA BRASIL
TURMA 06 – Terças e Quintas das 20 às 21h – 20 vagas – CASA BRASIL
TURMA 01 – Segundas e Quartas das 08:30 às 09:30h – restam 16 vagas – FUNDAÇAO RAUL BACELLAR
TURMA 04 – Segundas e Quartas das17:00 às 18:00h – restam 12 vagas – FUNDAÇÃO RAUL BACELLAR
2-        METODOLOGIA: Desenvolvimento de aulas teóricas, abordando técnicas de conversação da língua inglesa. A Fundação Raul Furtado Bacellar dispõe de professores qualificados e com enorme experiência profissional.
3-        MATERIAL: O aluno deve freqüentar as aulas portando caderno e material para escrita.
       MATRÍCULAS E MENSALIDADES
As matriculas estão abertas para maiores de 16 anos e são limitadas para 20 (vinte) alunos por turma. Podendo ser realizadas das seguintes formas:
1.         Na sede da Fundação Raul Bacellar, Rua Vera Cruz, 744, Bairro São José, Próx a Santa Casa
2.         Na sede da Casa Brasil, Avendia Coronel Lucas, 644, Próx a Escola Normal
3.         através do e-mail cxparnaiba@gmail.com . O e-mail deve conter nome completo, endereço, numero de identidade e telefone para contato.
A mensalidade será de R$ 15,00 por mês, devendo ser paga no ato da matrícula.
Obs: maiores informações entrar em contato pelo e-mail: cxparnaiba@gmail.com

VEREADORES QUEREM SABER SITUAÇÃO REAL DA ZPE DE PARNAÍBA

MUITA MENTIRA


A partir de amanhã os vereadores de Parnaíba estarão definindo uma data para convocarem o empresário Mirócles Véras ao plenário da Câmara Municipal a fim de que ele exponha a realidade em que se encontram as obras da Z.P.E. de Parnaíba.

As inúmeras e desencontradas informações sobre o andamento dos trabalhos fez com que o vereador Gustavo Lima, em requerimento verbal, fizesse tal solicitação.
 A verdade é que andam dizendo muita mentira sobre a Z.P.E. Um dia os blogs do Governo do Estado repercutem cobranças da população, que constata que as obras não começaram; Outro dia os mesmos meios de comunicação dizem que a "ZPE está a todo vapor" e que, "empolgado todo o presidente da ZPE, Mirócles Véras, prevê que até o segundo semestre de 2013 a Zona esteja com toda sua infraestrutura concluída, devendo receber investimentos privados iniciais de cerca de R$ 100 milhões"
Eu acho muita "macacada". É preciso passar o assunto a limpo.
Bernardo Silva

Solidariedade: Filhos buscam ajuda para o tratamento da mãe


Os filhos da senhora Francisca Linhares que sofreu um grave Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquêmico e desde então se encontra internada em sério tratamento no Hospital São Marcos, em Teresina, contam com a solidariedade de todos que puderem ajudar.
As maiores necessidades estão no custeio do tratamento, que devido a família residir em Parnaíba, estão em frequente deslocamento. Outro ponto relevante é quanto a doação sangue, que a senhora Francisca Linhas constantemente precisa para ter os resultados positivos diante dos cuidados médicos.
Doadores de sangue da cidade de Parnaíba, podem dirigir-se ao Hemocentro, na Praça Antonio do Monte, próximo a Santa Casa e doe em nome da mesma. As outras formas de auxílio podem ser feita através da conta bancária: Agência Banco do Brasil: 3137-2; Conta Corrente: 18.140-4; Francisco Paulo Linhares Machado (Filho de Francisca Linhares), ou contribuindo para a rifa beneficente que os filhos realizarão no próximo dia 08/06, de um cordão (semijoia) e um liquidificador. O valor do ponto é R$2,00 e esta “correrá” na Pizzaria “O Franzé”, na Avenida São Sebastião.

O PC do B e os 22 milhões da FAMEPI


Apesar de ter perdido terreno no cenário politico de 2012, como exemplo, na desistencia de welington Dias em disputar a prefeitura de Teresina( onde o deputado Osmar Junior sonhava em montar em sua garupa), O PC do B do Piaui , na pessoa do seu líder maior , deputado Osmar Junior, está "bem na fita", com tranquilidade nas eleições de 2012, depois que sua ONG (FAMEPI) já tem 22 milhões em caixa, só pra investir(?) num dos projetos mais imorais de toda história, o Projeto Segundo Tempo.
Aqui em Parnaíba tem menino que anda "lambendo os beiços" e sonhando que pelo menos uma "beirinha" desses 22 milhões da FAMEPI seja investida  na eleição de Parnaíba.
Enquanto isso a Vila Olímpica de Parnaíba vai se tornando mais uma PIADA. "Né não" Vereador Fernando Gomes?

Calçadão Cultural da Beira Rio desta sexta (01) terá Pituka e convidados

O cantor, Pituka, juntamente com músicos convidados do artista, são a atração principal do Calçadão Cultural da Beira Rio que tradicionalmente acontece às sextas-feiras a partir das 21h30.
Neste dia 1º de junho, Pituka vai dar sequência, com o melhor da Música Popular Brasileira, à programação do projeto que tornou tradicional a musicalidade dos artistas da terra na noite parnaibana. Na programação do Calçadão Cultural da Beira Rio, as sextas-feiras até o final do mês de junho já estão com todas as suas atrações definidas, nosso intuito é aliar boa música e culinária regional em um espaço seguro e familiar tendo como palco a orla do Rio Igaraçu.
O Calçadão Cultural da Beira Rio que acontece às sextas-feiras, tem início às 21h30 com música ao vivo em palco montado no local, segurança, rua interditada para passeio e tem como estacionamento as dependências da AABB. O evento é uma realização dos empresários do setor gastronômico da Beira Rio e músicos parnaibanos e tem o apoio do Projeto Parnaíba Criativa, Sebrae e Prefeitura de Parnaíba
VEJA A PROGRAMAÇÃO:

quarta-feira, 30 de maio de 2012

CARTA AO SENHOR ROBERT RIOS, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO PIAUÍ



Prezado deputado Robert Rios Magalhães, atual secretário de Segurança Pública do Piauí, confesso que não sei como estou conseguindo escrever esta carta, que é um documento rouco e desesperado de um simples cidadão piauiense que ainda acredita no senhor, na sua honrada Polícia Civil, na Polícia Militar do Piauí e no Estado Democrático. Atualmente moro na Espanha, onde faço uma parte do meu doutorado, tentando adquirir um pouco de conhecimento para ser socializado no Piauí. Infelizmente tive de deixar aí em Teresina a minha razão de viver, minha mãe Cristina Berti: que passou mais da metade de sua vida dando seu sangue pelo Estado, sendo educadora e continuando a ser exemplar cidadã. Ela faz parte daquela categoria que o senhor recentemente ofendeu ferinamente. Lembra?! Eu lembro! Minha mãe mora sozinha com minha irmã Moris Graziella, por sinal, sua eleitora (ela diz sempre votar no senhor por simpatia a seu trabalho ). Tanto ela como minha mãe também votaram no governador Wilson Martins (cansei de discutir com elas sobre os molim-molim da vida). Elas residem no Centro de Teresina, onde pagam um aluguel mais caro por conta da suposta sensação de segurança nessa região da cidade. Elas moram relativamente próximo a um PPO, a três delegacias da Polícia Civil a Central de Flagrantes e não muito longe da sede da PC-PI e da PM-PI. O principal motivo desta carta é dizer o quanto essa maldita insegurança, que o senhor, seu Wilson Martins e seus assessores são incompetentes em resolver. Essa insegurança que só cresce no Piauí. Essa insegurança gerada pelas malditas drogas. Essa insegurança gerada pela falência da Justiça do Piauí. No espaço de menos de 10 dias minha irmã e minha mãe escaparam da morte duas vezes graças a maldita criminalidade que o senhor e sua Polícia Civil não conseguem barrar. Pois, como vimos em Parnaíba: nem algema a PC tem. Ainda me tremo, pois estou a 11.000 km de distância da minha família, e acabo de saber que após minha mãe escapar de tiroteio ocorrido em plena luz do dia em pleno centro da cidade, dessa vez, em pleno pingo do meio dia, dois rapazes (com idade inferior a 20 anos) abordaram ela e minha irmã em um dos supermercados da região Central de Teresina. Minha irmã foi agredida fisicamente, teve seus pertences roubados e minha mãe teve arma apontada para a cabeça. Imagina só o que tem passado em minha cabeça? Imagina só o que é ouvir uma ligação de uma mãe em estado de choque? Na semana passada ela foi bater no hospital. Ainda hoje pela manhã estava fazendo exames: pois esteve bem próxima de um AVC. Será que o senhor terá de passar o mesmo com seus familiares para tomar ações enérgicas? Ou vai continuar botando a culpa em professores, em outras categorias? Tenho um profundo respeito pelo senhor e pela Polícia Civil e, mais ainda pela Polícia Militar do Piauí, mas chega a ser imoral que tenhamos de nos esconder em casa, ficar com medo de sair às ruas (minha mãe, aposentada, está com medo), de que nós é que tenhamos de ficar presos em vez dos bandidos? Como professor, acredito em um Brasil melhor, em um Piauí melhor, mas para melhorar tem de haver uma extremada mudança de vergonha na cara de todos os políticos. 
Por Orlando Maurício de Carvalho Berti Jornalista, professor universitário, cidadão piauiense (ainda com muito orgulho). 

Paulo Lages é condenado a devolver dinheiro desviado da FUNASA no período do Governo Mão Santa


O Ministério Público Federal no Piauí obteve na Justiça a condenação do ex-secretário de Saúde do Estado do Piauí, Paulo Afonso Lages Gonçalves, por irregularidades na execução dos convênios nºs 117/97 e 45/97, firmados entre a Fundação Nacional de Saúde- FUNASA e a Secretaria de Saúde do Estado do Piauí, na época do Governo Mão Santa.
A ação de improbidade administrativa foi proposta em 2004 pelo MPF e acompanhada pelo procurador da República Marco Aurélio Adão. De acordo com a petição inicial, o Convênio nº 117/97 tinha como objeto a monitoração de doenças entéricas no Estado do Piauí, a fim de permitir a adoção de medidas eficazes no seu combate. Dentre as irregularidades praticadas destacam-se a aquisição de passagens aéreas, divergências entre extratos bancários e aquisição de apenas 38,03% dos equipamentos previstos, culminando no valor de R$ 9.467,76.
No Convênio nº 45/97, que tinha como objeto a intensificação da vigilância epidemiológica do sarampo, as irregularidades vão desde cheques emitidos e compensados sem identificação na relação de pagamentos, até despesas em duplicidade e sem comprovação, resultando em um prejuízo de R$ 137.463,01 aos cofres públicos. 
O juíz federal substituto Adrian Soares Amorim de Freitas, da Subseção Judiciária de Parnaíba, condenou o ex-gestor ao ressarcimento à FUNASA aos respectivos fatos geradores, acrescidos de correção monetária e juros legais; à suspensão dos direitos políticos por 5 anos, após o trânsito em julgado da sentença; ao pagamento de multa civil no valor de R$ 30.000,00 a ser revertido em favor do fundo de que cogita o art. 13 da LACP e ao pagamento de custas processuais e honorários de advogado no valor de R$ 3.000,00, também a ser revertido em favor do fundo. 
Fonte: GP1
Edição:Portal do Bikanca

DESCASO: 3 mil cestas de alimentos podem apodrecer na CONAB


A Companhia Nacional de Abastecimento, Superintendência do Piauí, tem em seu depósito de Teresina na Rua Honório de Paiva, bairro Piçarra, três mil cestas de alimentos para serem distribuidas com os flagelados da seca no semiárido do estado desde março. A Distribuição, no entanto, aguarda uma ordem do secretário da Defesa Civil, deputado Ubiraci Carvalho que, por sua vez, disse ao Superintendente Alisson Pêgo que espera uma decisão do governador. Incomodado com a situação, vendo reportagens constantes nas tevês sobre milhares de pessoas passando fome, o Superintendente procurou o governador e, ouviu deste, a orientação de que, as cestas devem continuar guardadas e que, só serão distribuídas quando chegarem mais. É que, segundo ele, três mil são poucas e pode gerar confusão na hora da distribuição. Detalhe, trata-se de alimento perecível e, se demorar muito, termina vencendo a validade.
Pedro Alcântara

ESCÂNDALO: capitão aponta intimidade de juiz e Correia Lima


Quando o juiz suja a toga numa relação promiscua com a bandidagem: ontem, o ex-comandante da penitenciária de Parnaíba, capitão Gerson, prestou depoimento ao desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho em processo que apura desvio de conduta de um magistrado,
fazendo revelações que fazem tremer qualquer cidadão de bem que esteja em função pública. O personagem dessa burlesca narrativa vem a ser o juiz José de Ribamar Oliveira Silva, afastado das funções pelo Tribunal de Justiça, ano passado, depois de uma saraivada de denúncias feitas pelo Ministério Público, através do promotor Rodrigo Roppi.
Correia Lima e a namorada do juiz Ribamar 
O capitão fala da intimidade que o magistrado tinha com o preso mais importante do presídio parnaibano, o coronel Correia Lima, ao ponto de permitir que sua (dele juiz) namorada adentrasse ao presídio e se trancasse com Correia Lima em sua cela, em visitas íntimas. “Quando o preso fecha as cortinas passa a ideia de que está praticando o ato sexual”, disse o capitão, pelo celular, a este jornalista, ao confirmar seu depoimento, mas que, por razão do chamado ‘segredo de justiça’, não desceu a detalhes, orientando que se procurasse o desembargador Brandão para que os detalhes fossem divulgados.
No bojo do depoimento do capitão (soube-se depois), está a informação de que com um simples telefonema para a direção do presídio Ribamar Silva determinava que deixassem Correia Lima passear fora da cadeia e que, em relação a outros presos, antes que esses elementos chegassem à penitenciária, lá estavam os alvarás de soltura a esperá-los. Tudo isso, através de sua diligente mensageira. Por tudo que já se divulgou, é impossível imaginar a Justiça do Piauí determinando o retorno desse magistrado às atividades porque há muito ele se bandeou para o outro lado, o da criminalidade.
Toga suja 
Relator do processo que apura denúncias contra o juiz José de Ribamar Oliveira Silva, de Parnaíba, o desembargador Luiz Brandão de Carvalho ouviu, além do capitão Gerson, ex-diretor do presídio, um escrivão e uma agente. E todos confirmaram as relações bandidas do juiz com Correia Lima. Acaba não, mundão!

Arimatéia Azevedo/O Dia e AZ/Edição: Proparnaiba.com

TRATAMENTO DE CHOQUE NA SEGURANÇA PÚBLICA: Motocicletas do Grupo Giro estão paradas for falta de manutenção

Às vezes quando eu falo que o negócio está esculhambado, vem puxa-saco de todo "buraco" pra  tentar reprimir meu trabalho com ameaças e afrontas. Mas, fica impossível calar diante de uma situação desta, realmente este “time” que governa o Piauí está ficando pra história como o pior de todos os tempos.
Torna-se até impossível assistir uma entrevista da Deputada Juliana Moraes Souza e do seu companheiro Moraes Souza Filho, sem ao menos sentir uma ânsia de vômito.
È duro assistir tanta mentira e tanta publicidade enganosa. Já chega de tanto anunciar e prometer as coisas para Parnaíba.
Lembro-me (Como se fosse ontem), que no inicio do ano passado a deputada Juliana Moraes Souza anunciou a construção do Batalhão dos Bombeiros. Lembro que a imprensa podre estava todinha lá, foram muitos flashes em cima da deputada Juliana, que para sair bem na foto, sorriu e segurou o braço do Comandante dos Bombeiros. Daí, passados todos esses dias, qual foi o resultado? Até os dias de hoje, não se tem nem ao menos um projeto para a construção do Batalhão (risos). Pura enganação.
Já no inicio deste ano, a deputada Juliana, juntamente com o vice- governador Moraes Souza Filho, diante da situação que estava a Segurança em Parnaíba, e da grande cobrança dos meios de comunicação e  também da população, o "nobres" chegaram a anunciar um"Tratamento de choque" na Segurança Publica do Litoral.
Trocaram os comandantes da PM, afastaram delegados da Policia Civil, armaram o maior "circo( me perdoem os palhaços) juntamente com o Secretário Robert Rios em Parnaíba. Qual foi o resultado? O resultado é o retrato que estamos vendo. Um retrato de total abandono e descaso com a população.
O sucateamento dos aparelhos de segurança é visível, não tem como não enxergar.
Policiais andam empurrando viaturas sem combustível, sem portar armas e nem munições. Presos são amarrados com fios elétricos, por falta de algemas.
 Por ultimo, para desgraçar a situação, resolveram extinguir o GRUPO GIRO, criaram a  FORCA TATICA na modalidade motos, mas ate hoje os policiais não estão trabalhando nas ruas, porque as quatro motos estão precisando de manutenção. A primeira moto precisa de um kit de transmissão; a segunda, um pneu; a terceira, a troca de óleo e a quarta moto, falta apenas uma braçadeira que segura a embreagem(que lástima!).
Daí o retrato de total abandono, pois  ninguém fala nada, nem toma providencias.
Sem contar que prometeram motos novas, mas ate hoje estas motos não chegaram e nem chegarão.
Enquanto isso, os traficantes e os assaltantes vão fazendo a festa em cima da população de bem.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Gado morre de fome e o governo faz é campanha de vacinação

1. Cerca de um milhão de piauienses - um terço da população do Estado - enfrentam diretamente os efeitos da seca na região do semi-árido. A atual estiagem já é avaliada como a mais crítica dos últimos 50 anos. A economia dos municípios afetados, baseada na agricultura de subsistência, caminha para o colapso, com a perda das lavouras.
2. Falta água para o consumo humano em diversos municípios. Outros são atendidos com a ajuda de carros-pipa. No semi-árido piauiense, existem mais de mil poços tubulares abandonados. Eles foram perfurados para abastecer as populações rurais e não receberam os equipamentos necessários ao bombeamento da água.
3. Ao se pronunciar ontem sobre a seca, na Assembleia Legislativa, a deputada Belê Medeiros (PSB) afirmou que lamenta a burocracia existente no enfrentamento dos efeitos da estiagem. "Cerca de R$ 15milhões foram destinados pelo Governo Federal para combater os efeitos da seca, mas a burocracia impede que o dinheiro chegue e a população não pode mais esperar por insumos básicos para sobrevivência como água e comida", criticou.
4. Na região do semi-árido, o gado está morrendo de fome e sede. Desesperados, os criadores entreguem seus rebanhos para fazendeiros de outros Estados, na tentativa de salvar os rebanhos. O quilo do boi vivo já é vendido por R$2,50. Em outros casos, rebanhos com 50 cabeças são entregues a fazendeiros de outras regiões nas quais existe pasto e somente a metade retorna para o criador.
5. Ao mesmo tempo em que a estiagem grassa no semi-árido com todo o seu furor, o Governo do Estado investe maciçamente em uma nova campanha de vacinação contra a febre aftosa. Ora, não seria mais urgente tentar salvar o gado que está morrendo de fome? O secretário de Defesa Civil, deputado Ubiraci Carvalho, disse ontem que existe um plano para assistência às pessoas vítimas da seca, mas não há política governamental para os rebanhos.
É hora de se pensar no assunto, antes que a seca venha a dizimar o rebanho.
Zózimo Tavares 

Prefeitura de Parnaíba está asfaltando ruas do Bairro Piauí


alt
Rua Samuel Santos no bairro Paiuí, recebe asfalto novo.

A Prefeitura de Parnaíba iniciou no último sábado as obras de asfaltamento das Ruas Afonso Pena e Samuel Santos, no Bairro Piauí, dentro do projeto que vai beneficiar cerca de 30 quilômetros de ruas e avenidas. Os trabalhos reiniciaram semana passada pela Rua Padre Castelo Branco, no Bairro São José. A próxima rua a ser asfaltada no Bairro Piauí será a Itaúna, uma dasmais movimentadas
Esta etapa de asfaltamento, autorizada pelo Prefeito José Hamilton Furtado Castelo Branco, já beneficiou as ruas Afonso Pena, Itaúna, Anhanguera, Caramuru, Samuel Santos (trechos compreendidos entre Avenida 03 de Maio e Avenida Pinheiro Machado). Também já foram asfaltadas as ruas Rodrigo Coimbra, no Bairro Rodoviária;  Santana, no Bairro Piauí,  e Avenida das Normalistas, no Bairro Nova Parnaíba.
            Além de melhorar as condições de trafegabilidade, as obras de asfaltamento estão valorizando a cidade de Parnaíba, melhorando a qualidade de vida da população e favorecendo a imagem da cidade, afirma o prefeito José Hamilton.
A atual administração municipal em Parnaíba tem sido a que mais investiu em asfaltamento de ruas e avenidas, mesmo diante de um cronograma de implantação de esgotamento sanitário, o que atrasou por alguns meses a realização de obras de pavimentação.
A Prefeitura de Parnaíba tem investido também em sinalização de trânsito, seja horizontal ou vertical, com a implantação de diversos semáforos. Sobre a sinalização das novas ruas asfaltadas, o setor de engenharia da Prefeitura informa que só poderá ser feita 45 dias após a colocação do asfalto, pois neste período o material ainda sofre os efeitos do calor do sol e do atrito com os pneus dos veículos, podendo apresentar deformações na sua superfície. 
alt
As obras irão contemplar outras ruas no bairro Piauí.
alt
Trechos da Rua Samuel Santos no bairro Piauí
alt
Asfalto novo chega à Rua Afonso Pena no bairro Piauí.

O tratamento de choque na Segurança Publica do Litoral



Ontem, li nos blogues e sites de Parnaiba uma reportagem interessante e ao mesmo tempo muito triste. A reportagem narrava o flagrante da imprensa no momento em que  policiais civis escoltavam 5 detentos na realização de exames de corpo de delito, e que dois detentos estavam algemados(?), digo, amarrados com cabos de computador.
Mas, a minha tristeza ao ver essa situação precária e arriscada, às vezes se transforma em revolta. Revolta ao ver o descaramento dos nossos políticos, que se utilizam da parte podre da imprensa para enganarem e anestesiarem o povo mais humilde.
Há meses que venho denunciando a falta de estrutura da Segurança Publica aqui no Litoral, a falta de armamento para os policiais militares que fazem a segurança do Centro Comercial de Parnaíba, a falta de munições, de coletes à prova de bala, a falta de combustível, a falta de viaturas, a falta de um salario digno, e agora a falta de algemas.
Mas, a maior revolta é ver a falta de vergonha  dos políticos que se dizem representarem a região Norte do Estado, e se utilizarem da mídia podre para publicarem suas mentiras cabeludas.
Mas, sem querer escandalizar e nem colocar os nossos nobres representantes em nenhuma "sinuca de bico". Apenas é uma pergunta que não quer calar. Onde está o tratamento de choque na Segurança Publica ?
Realmente, é pra ficar "chocado" ,ver os nobres policiais "fazerem das tripas o coração", para executarem seus serviços; é pra ficar chocado ver policias empurrando viatura sem combustível; é pra ficar chocado ver policias arriscando suas vidas em escoltas de bandidos amarrados com cabos de cobre  e "imbiras"; é pra ficar chocado ver a Câmara Municipal mandando consertar as viaturas da Policia Militar, sendo que esta é obrigação do Estado; é pra ficar chocado saber  que os policias do centro Comercial trabalham desarmados; é pra ficar chocado ver as inúmeras viaturas paradas por falta de peças e manutenção. E mais, é pra ficar chocado ver esses mentirosos lançarem seu parente candidato à prefeito de Parnaiba.
Parabéns aos nobres políticos. Realmente isso é um verdadeiro tratamento de choque na população parnaibana. 
Presos amarrados com cabo de computador.
Fotos: Portal do Catita

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Geciane Costa da Arrocha o Nó é a nova Rainha Junina 2012 de Parnaíba. VEJA AS IMAGENS DO EVENTO

Foi realizado sábado(26), na quadra poliesportiva da Escola Municipal Roland Jacob, no bairro de Fátima o 8º concurso para a escolha das Rainhas Juninas (mirim e adulto) 2012 de Parnaíba.
Rainha adulto: Geiane Costa da quadrilha (Arrocha o Nó)
Secretário de Cultura Passando a faixa na nova Rainha Junina 2012 categoria adulto
Milhares pessoas prestigiaram a noite na quadra poliesportiva da Escola Municipal Roland Jacob para a escolha das duas novas rainhas Juninas de 2012. O evento foi realizado pela Liga Parnaibana de Quadrilhas Juninas, presidida por Fábio Bevilácqua, e com o apoio da Secretária de cultura de Parnaíba.
Rainha Mirim: Ariely Barros (Quadrilha Balancinha)
Foram 10 concorrentes na categoria adulto e 6 na categoria mirins ao todo 15 candidatas concorreram ao titulo de Rainha Junina 2012:
Rainhas eleitas:
•Categoria Adulto: Geiane Costa da quadrilha (Arrocha o Nó).
• Categoria Mirim: Ariely Barros (Quadrilha Balancinha).
Miss Simpatia:
Thayná Sousa ( Quadrilha Espalha Brasa)


Chamada Geral

HUMILHAÇÃO: Piauí só consegue R$ 1 milhão dos R$ 30 milhões que pediu para a seca



Além de humilhação, a liberação do dinheiro para ajudar os piauienses vítimas da pior seca dos últimos 30 anos é uma vergonha.
Nesta segunda-feira (28), o Diário Oficial da União traz a portaria do Ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, autorizando o empenho de R$ 4,7 milhões. Só que, apenas R$ 1 milhão está sendo liberado imediatamente. Os demais vão depender de levantamentos dos desastres por parte do governo do Estado e das Prefeituras.
O governo do Piauí tinha pedido R$ 30 milhões, o governo federal autorizou R$ 15 milhões, mas, só liberou R$ 4,7 milhões. De imediato, o Piauí só vai receber R$ 1 milhão.

Avisem ao governador do Piauí que aluno não é bandido em potencial

O que será da Educação Pública do Piauí com essa visão atrasada de que aluno na escola é um potencial bandido a menos nas ruas? O Governo agora resolveu espalhar outdoors pela cidade de Teresina, não só apoiando o discurso de Robert Rios sobre escola e bandidagem, mas adotando em seu slogan. Na propaganda, tenta mostrar que aluno perto dos livros é sinal de aluno longe das ruas.
Se isso fosse verdade, os políticos sem-vergonha, os criminosos de colarinho branco, o Cachoeira, o Demóstenes, tão próximos dos livros também estariam longe da corrupção e da bandidagem?
Mesmo com toda reação de setores da sociedade, o Governo do Estado do Piauí agora mostra que adota esse pensamento atrasado em sua campanha institucional.
Aquiles Naíró

Parnaíba promove o II Fórum Comunitário Selo Unicef

alt
Prefeito José Hamilton no II fórum Selo Unicef
A Prefeitura de Parnaíba realizou na ultima quinta feira, (24) no auditório da Universidade Federal do Piauí-UFPI, o II Fórum Comunitário Selo Unicef de avaliações das politicas públicas voltadas para crianças e adolescentes. O evento visa avaliar as ações propostas no primeiro fórum realizado em 2010 e fazer exposições de todas as atividades realizadas pelos segmentos comunitários e os articuladores da gestão pública municipal na área da educação, saúde, cultura, esporte e assistência social funcionando como uma prestação de contas de tudo que foi realizado neste período efetivamente na área da infância e adolescência.
Após as exposições será mediado um relatório que será analisado pela equipe da coordenadora do Selo a nível nacional, Maria Ercelina Cavalcante Alencar núcleo fortaleza no Ceará, para o resultado final que será divulgado em Dezembro.
O fórum é umas das etapas que Parnaíba tem que cumprir para conseguir o Selo Unicef que é um reconhecimento internacional aos  municípios que oferecem melhores condições às suas crianças e adolescentes.
O prefeito José Hamilton fez reconhecimento sobre a participação dos envolvidos nas atividades que fez cumprir as etapas, reforçou o seu empenho para que Parnaíba seja uma das cidades contempladas.
alt
As ações do Selo são desenvolvidas em Parnaíba pelos articuladores inseridos na Secretaria de Desenvolvimento social e Cidadania-(Sedesc) Superintendência Municipal de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, comissão Pró-Selo Unicef,  escolas publicas, comunidades e outros parceiros como o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente
alt
Valéria de Carvalho Castelo Branco/ Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania
alt
Flaviana Véras, Superintendente Municipal dos direitos da Criança e do Alescente
alt
Maria Ercelina Cavalcante Alencar/ mediadora do Selo Unicef
alt

CHARGE DO DIA

GREVE NA UESPI: Governador não responde propostas da categoria e professores deflagram greve


Os professores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (28). A decisão foi tomada em Assembléia Geral, que aconteceu no campus Torquato Neto, na zona Norte de Teresina na manhã da última quarta-feira (23).
A categoria alega que a greve será deflagrada devido a várias tentativas de acordo sem sucesso com o Governo do Estado. “O principal motivo pela decisão foi a falta de disposição do Governo em responder às propostas da categoria”, declara o professor Daniel Solon.
Segundo a Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Piauí (Adcesp), os motivos para a deflagração da greve são vários, entre eles estão os baixos salários, que deveria ser R$ 2.324,00 para 20 horas trabalhadas, péssimas condições de trabalho, falta de incentivo para desenvolvimento de pesquisa e extensão; falta de política de qualificação (mestrado e doutorado), além de problemas na estrutura e nos equipamentos.
A assessoria da UESPI decidiu não se manifestar até receber o ofício por parte da Adcesp sobre a deflagração da greve.
 Portalaz.com

Mesmo após anúncio de engenheiro, obras da ZPE não iniciaram

Após visitas de vários nomes do governo estadual no terreno onde serão realizadas as obras da Zona de Processamento e Exportação (ZPE) de Parnaíba, entre eles, o governador Wilson Martins acompanhado dos deputados Juliana Moraes Souza e Ismar Marques, e o secretário de infraestrutura do estado, Castro Neto, nem mesmo a sede administrativa foi contruída ainda.

O Proparnaiba.com publicou no dia 11 de maio, que o teto da sede
administrativa não teria suportado fortes ventos durante a noite anterior do registro da matéria. Mas, segundo informações do engenheiro Roberto Filho, responsável técnico, da Construtora Solis, empresa contratada para executar as obras da Zona de Processamento e Exportação (ZPE) de Parnaíba, a construção da sede administrativa ainda não teria sido iniciada, e que na verdade, um depósito para materiais e apoio coberto a engenheiros e funcionários durante o horário de expediente, perdeu o teto.
De acordo com o engenheiro, a construção da sede administrativa da ZPE seria iniciada a partir do dia 16 de maio, com a locação do prédio e gabarito.
Na tarde de ontem, a equipe do Proparnaiba.com esteve no local, por volta das 17h, e pode constatar que mais uma vez, o anúncio não condiz com a prática, já que a única coisa que há no local, são depósitos para material de construção.
Outro ponto preponderante é que o desmatamento que deveria estar em ritmo avançado, continua praticamente da mesma forma desde a visita do governador do estado, realizada no último dia 04 de maio, que fez visitação no intuito de inspecionar as obras, porém nesta data, Wilson Martins não teve muito o que ver, a não ser fazer a verificação das plantas das obras.
O tempo passa e o avanço do desenvolvimento econômico da cidade de Parnaíba parece ficar mais distante, já que sem a ZPE, o Porto de Luís Correia, a falta de voos regulares no Aeroporto Internacional, findam o sonho do litoral piauiense ser reconhecido  como o local certo para que empresários do mundo todo possam investir, o que consequentemente retira da população, a chance de melhores condições de vida.
Proparnaiba

domingo, 27 de maio de 2012

Wilsão intocado por causa de três assuntos: briga com ministro, Eleições e secretariado

O governador Wilson Martins (PSB) está, como se diz no piauiês, "intocado" desde a sexta-feira passada, quando houve uma polêmica envolvendo o Governo do Estado e o Ministério do Desenvolvimento Agrário. É que Wilsão ficou chateado quando soube que o ministro Pepe Vargas, além de não comparecer, tirou os adesivos 'Piauí - Terra Querida' e deixou só a logomarca do Governo Federal.
Além de ter adiado o anúncio dos novos secretários, Wilsão teve outro motivo para fugir da imprensa nestes dias como o diabo foge da cruz. O assunto 'Eleições 2012' estava na pauta. É que, com a possibilidade de o senador Wellington Dias (PT) ser candidato, ele condicionou a isso uma definição para saber se apoia ou não a candidatura do deputado estadual Firmino Filho (PSDB).
Alisson Paixão

sábado, 26 de maio de 2012

Prenúncio do fim do que ainda nem começou

São mais de dois anos do atual governo do Piauí. E, para ser sincero, tem sido um governo de estagnação da administração pública e de geração de animosidades com alguns setores do próprio funcionalismo. Não se vislumbra em nenhum órgão estadual predisposição para se planejar alguma coisa. Ou tudo é feito de afogadilho ou então quase nada é realizado. O tempo passa, e pronto, fica por isso mesmo. No interior, há região que, para muitas pessoas, sequer existe governo. E, em outras partes, é governo de práticas simplistas. Na Capital, para ser realista, só se sabe que existe governo por causa das greves que lhe são contrárias e porque o Palácio de Karnak está funcionando no mesmo lugar de sempre. Por isso, é voz corrente dos piauienses que o atual governo não fez nem fará quase nada em prol do coestaduanos. 

O pior é que todo governo, mesmo fraco, começa, e do meio para o fim é que vai se arruinando. Este é diferente, ainda nem começou, por isso nunca fez pesquisa de avaliação. Eu quero ver como ele vai terminar, e se terminar, porque se sabe de um sem-número de ações eleitorais que se forem julgadas rapidamente e aplicadas regiamente o animus dos preceitos eleitorais não chegará ao final do mandato. Os piauienses, aos poucos, estão acordando da anestesia que lhes foi aplicada em 2010 e percebendo ao seu redor que tudo não passava de vibração. E que assim foi orquestrado um plano político-eleitoreiro de escamoteação da realidade e de elaboração de sonhos que muitos foram levados a acreditar sem ter a possibilidade de sua concretização. 

Observa-se que até agora o governo não tem marca. Não fez nenhuma obra estruturante em nenhuma região do Piauí que marque o governo nem as reformas que a administração publica moderna exige para dar um salto de desenvolvimento no Estado. Mas no programa eleitoral, foi prometido desenvolvimento para o Piauí. Esperava-se, ao menos, que fosse concluído a porto de Luis Correia e a Transnordestina para dar suporte ao desenvolvimento econômico estadual. Mas este governo engasga-se com pouca coisa, como o Centro de Convenções e a Potycabana. Mas um pouco que até serviria, pois é melhor do que nada. Em razão do marasmo como as coisas acontecem no governo até a esperança – que já era escassa - vai se exaurindo totalmente. 

Não obstante, o governo não é de todo ineficaz, ele tem a sua marquinha. É a marca da amigocracia, pois o governador nomeou a sua esposa e irmão para o primeiro escalão administrativo. Tem dois filhos concursados que serão contratados como servidores estaduais no órgão em que a mãe era a principal gestora. Tem a esposa empossada no Tribunal de Contas. Ressuscitou na administração alguns políticos que estão enquadrados na lei da Ficha Suja e outros que estão respondendo processos por improbidade administrativa. Tem aturdido a vida dos funcionários públicos por ter dificuldades de lidar com os contrários e por isso dificulta o cumprimento do mínimo que eles reivindicam e daí esses segmentos deflagrarem greves duradouras como no caso dos professores, e que por isso lhes foi jogado pimenta nos olhos. 

Todos sabem que governar não fácil nem é para todo mundo. Portanto, quando se está no lugar errado nunca é demais se recorrer a quem sabe. Nesse contexto, convém lembrar o que disse o grande pensador romano Marcus Tullius Cícero, no auge do Império Romano, no ano 55 a.C, mas que ainda é muito atual: “O orçamento nacional deve ser equilibrado. As dívidas devem ser reduzidas, a arrogância das autoridades deve ser moderada e controlada. Os pagamentos a governos estrangeiros devem ser reduzidos se a nação não quiser ir à falência. As pessoas devem, novamente, aprender a trabalhar, em vez de viver por conta pública”. Desume-se daí que as finanças estaduais não são lá tanto equilibradas, às vezes é até deficitária. Geralmente a empáfia de alguns membros do governo é marca registrada. O governo está tomando dinheiro emprestado a fundo de países estrangeiros (Banco Mundial). E alguns dos assessores do governo não têm sequer lotação para cumprir as suas tarefas. Uma saída, em vez dos assessores, deveria seguir ao menos dos ensinamentos do velho orador, jurista e político romano Cícero. 
Deusval Lacerda de Moraes