terça-feira, 22 de agosto de 2017

TCE investiga ‘rombo milionário’ em convênio da Sesapi no governo Zé Filho



Imagem relacionada

A Controladoria-Geral do Estado (CGE), por meio do controlador Nuno Kauê do Santos Bernades Bezerra, encaminhou ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) as irregularidades que foram encontradas na Tomada de Contas Especial instaurada com o objetivo de investigar dano ao erário público no valor de R$ 1.445.758,23 milhão decorrente de Convênio de nº 119/2014 firmando entre a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e a Fundação Centro de Apoio ao Menor Carente (FCAMC). O conselheiro Luciano Nunes é o relator.
O convênio foi firmado de 19 de dezembro de 2014 com vigência até o dia 19 de julho de 2015. Todo o valor foi liberado em uma única parcela no dia 26 de dezembro do ano de 2014, cinco dias antes do então governador Zé Filho (PMDB) sair do governo. Logo após receber o dinheiro, a Fundação realizou muitos pagamentos nos dias 29 e 30 de dezembro ainda na gestão de Zé Filho.
O objetivo do convênio era a realização de “palestras, oficinas e atividades esportivas que são fundamentais para a saúde da criança, jovem e idosos, pois ajudam no crescimento, fortalecem os ossos, enrijecem a musculatura, favorecem o desenvolvimento psicomotor e a integração social”. Segundo ofício encaminhado pelo controlador, em 29 de junho desse ano, o convênio foi fechado entre o ex-secretário de Saúde, José Fortes, e o presidente da FCAMC, Raimundo Lima, mais conhecido como Lima da Creche.
O convênio foi fechado no valor de R$ 1.100.00,00 milhão, mas o valor atualizado com a devida aplicação de juros ficou no montante de R$ 1.445.758,23 milhão. O ex-secretário Francisco Costa ao assumir a pasta determinou a realização da Tomada de Contas.

Irregularidades encontradas:
Pagamento para empresa que “não existia” A FCAMC fazia a contratação de serviços para a realização dessas atividades. A CGE encontrou irregularidades em duas empresas contratadas. Uma delas é com a A R 3 Comércio e Serviços Ltda ME, onde foi encontrada uma nota inidônea de outubro de 2015.
Também foram encontradas 16 notas ficais emitidas pela empresa Empreendimentos Cerqueira, de Cnpj n° 15.023.38410001-35, que são inidôneas, ou seja, não possuem valor fiscal, pois nenhuma delas é uma Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFeS) instituída pela município de Timon. Além disso, consta nos documentos a data de impressão da nota em abril de 2011, mas a empresa só foi criada em 2012. “Cumpre informar que em inspeção não foi possível localizar a existência física da empresa nos endereços constantes nas notas fiscais e nos recibos apresentados.
Diante dos fatos relacionados neste item, conclui-se que as notas fiscais inidôneas foram apresentadas com o intuito de ludibriar a Administração Pública Estadual. Nessa esteira, a comprovação da despesa fica comprometida, não podendo a Administração aferir o seu efetivo cumprimento. Ainda, consideram-se os fatos relatados como irregularidade de natureza grave, ensejando a consequente reprovação das despesas, bem como as responsabilizações administrativas, civis e penais por tal conduta”, explicou o controlador Nuno Kauê.
Comprovantes de despesas inadequados
A R 3 Comércio e Serviços Ltda ME foi contratada para apresentar equipe para palestras e oficinas envolvendo entre os profissionais: pedagogos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas e nutricionistas. Sendo que a quantidade de horas-aula pagas descritas nas notas fiscais foram de R$ 1 mil para cada especialidade, com exceção de psicólogo que foram R$ 2 mil. Nesse caso, a fundação não conseguiu comprovar a realização de todas as horas pagas, que totalizaram 16h55. Só para a alimentação dos palestrantes, por cinco dias do evento, foram gastos R$ 15.200 mil, mas não foi informada nem mesmo a quantidade de palestrantes para justificar o gasto.
Despesas não previstas
 O recurso foi gasto para arcar despesas bancárias, sendo uma mensalidade no Ourocap no valor de R$ 40 mil, tarifas bancárias no valor de R$ 294,77, um cheque avulso no valor de R$ 250.
Ausência de comprovantes de pagamentos
Foram encontradas irregularidades em 17 notas fiscais, onde não foram encontrados os comprovantes de pagamento, muitas ocorridas através de cheque avulso.
Parecer
O controlador Nuno Kauê esclareceu que antes do convênio ser assinado, a própria Procuradoria Geral do Estado havia emitindo parecer para que fossem sanadas algumas irregularidades referentes à origem dos recursos públicos, as razões para liberação total do dinheiro, comprovação de capacidade técnica e pediu a realização de uma seleção pública. Só que nenhuma dessas pendências foram sanadas antes da assinatura do convênio.
Falta de um plano de trabalho
A CGE entendeu que a forma como o dinheiro seria aplicado não foi especificada de maneira correta. “Todas as imprecisões identificadas dificultam a avaliação do plano de trabalho e prejudicam a fiscalização e a verificação do cumprimento efetivo do objeto”, afirmou o relatório.
Uso da mesma lista de participação em cursos
Na prestação de contas do Convênio n° 119/14, foi apresentada uma lista de presença com a assinatura dos participantes acompanhada da idade de cada um. A lista tem por título “Projeto Saúde e Esporte: construindo uma vida saudável” com o local de realização na Associação de Mães do Poty Velho. Contudo, a mesma lista foi apresentada na prestação de contas do Convênio n° 114/2014. Identificou-se também que foi apresentado na prestação de contas do Convênio n° 99/2014 o mesmo relatório de atividades referente ao lançamento do “Projeto Saúde, Esporte e Cidadania: Construindo uma vida Saudável”.
Conclusão do Relatório
 “Diante do exposto, conclui-se que Raimundo Gomes de Lima, encontra-se em débito com a Fazenda Estadual no montante de R$ 1.445.758,23 milhão”, destacou o controlador-geral sobre o dano caso com a realização do convênio.
Outro Lado
Procurado pelo GP1 na manhã dessa terça-feira (22), Lima da Creche e José Fortes não foram localizados para comentarem o caso. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.

Fonte: GP1

Agência americana mostra interesse em financiar projetos na área de tecnologia no Piauí

Agência americana mostra interesse em financiar projetos na área de tecnologia no PiauíA diretoria da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI) recebeu, nesta segunda-feira (21), a visita de Rodrigo Mota, representante da Agência de Comércio e Desenvolvimento dos Estados Unidos (USTDA) no Brasil. Participaram da reunião, o diretor-geral da ATI, Avelyno Medeiros; o diretor de Tecnologia David Amaral e o diretor de Gestão Estratégica Nataniel do Vale.
Durante a audiência, foi discutido o interesse que a USTDA possui em investir em projetos na área de tecnologia da informação do Piauí. A Agência de Comércio americana atua financiando a preparação de projetos e atividades de construção de parcerias que desenvolvem infraestrutura sustentável e promovam o crescimento econômico nos países parceiros.
Estados como Minas Gerais, Acre, Sergipe, Rio Grande do Sul e Goiás já desenvolvem trabalhos em parceria com a USTDA. A visita de Rodrigo Mota se dá pouco depois de a ATI-PI receber uma equipe técnica da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), que veio ao estado conhecer detalhes do projeto Piauí Conectado para adequar e aplicar à realidade do Mato Grosso, o que denota claro interesse não só de outros estados, mas também de países de fora no trabalho realizado pela Agência de Tecnologia da Informação, principalmente a partir de 2015.
De acordo com Rodrigo, os projetos desenvolvidos em parceria com os estados brasileiros são financiados pelo governo americano. A USTDA, ligada ao Congresso daquele país, também promove visitas técnicas levando gestores para conhecer os projetos de tecnologia dos Estados Unidos.
ccom

CHARGE DO DIA



Izânio Charges

Inscrições para o ProUni terminam sexta-feira para estudantes não matriculados

As inscrições para vagas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) terminam na próxima sexta-feira (25) para os candidatos que não estiverem matriculados em instituição de educação superior. Para os estudantes que já estão matriculados, o prazo final é 30 de outubro
No total, são oferecidas 77 mil bolsas remanescentes das 147,4 mil ofertadas na chamada regular referente ao segundo semestre deste ano. As inscrições podem ser feitas pelo site do ProUni.
Podem se inscrever para as vagas remanescentes do ProUni aqueles que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtiveram nota média igual ou superior a 450 pontos e superior a 0 na redação. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em faculdades privadas, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.
Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.
Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Comissionados são compelidos a defender o prefeito Mão Santa nas redes sociais

Mão Santa

Comissionados da Prefeitura de Parnaíba estão sendo compelidos a fazer comentários positivos em notícias que envolvam o prefeito Mão Santa, como por exemplo, a do surto que culminou em agressão verbal a diretores e funcionários da Escola Municipal Francisca Borges dos Reis. A postagem também deve ser feita nas redes sociais.
A orientação, em tom de ameaça, vai além: quem for omisso e não se manifestar poderá ser exonerado e perder a boquinha.
Segundo informações, o coordenador da Secretaria de Educação de Parnaiba, Rafael Alves, estaria pressionando os comissionados a defender o prefeito nas redes sociais, deixando claro que ia fiscalizar o Facebook de cada um.




Com informações do GP1

FOTO DA SEMANA: Prefeito Mão Santa na Escola Francisca Borges

Um leitor do Portal do Bikanca nos enviou a foto do prefeito Mão Santa no momento em que ele adentrou a sala da direção da Escola Francisca Borges e  agrediu os professores com palavras de baixo calão. Na foto, Mão Santa ligava para a diretora da escola que estava ausente.



SINTE pode processar Mão Santa por chamar professores de "vagabundos" e "ladrões"

Nadja Araújo, diretora do Sinte-Parnaíba
Indignados e cobrando a reparação do dano moral, funcionários da Escola Municipal Francisca Borges dos Reis, no bairro Frei Higino, em Parnaíba, participaram na manhã deste domingo (20), de uma reunião com diretores regionais do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí (Sinte). Em pauta, as providências que serão adotadas contra a agressão moral praticada pelo prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, o “Mão Santa”. O prefeito foi à escola na sexta-feira (18) e, diante de alunos, pais de alunos e funcionários, xingou os professores e demais servidores de “vagabundos” e “ladrões”.
A presidente regional do Sinte, Nadja Araújo, prometeu divulgar nesta segunda-feira (21), uma Nota de Repúdio contra a ofensa de Mão Santa aos trabalhadores da escola, “que estavam mobilizando um ato em favor de uma mãe [de uma aluna que precisa fazer uma biópsia] e faz parte da comunidade escolar”.
“Dentro do nosso projeto político-pedagógico, a comunidade escolar faz parte da escola. Isto foi um ato insano que o prefeito fez, não quis ouvir as pessoas que estavam lá, simplesmente falou, gritou como se fosse o dono da verdade, o dono da razão. A verdade está com os trabalhadores em educação dentro daquela escola porque eles estavam fazendo um ato beneficente para ajudar uma mãe. Além da função social da escola, ela estava buscando ajudar uma mãe que é obrigação do próprio município fazer enquanto saúde, mas cadê a saúde do nosso município?”, questionou
A sindicalista promete nesta semana levar o caso ao conhecimento da direção Sinte estadual. “Educação nós temos e não é dada pela Secretaria de Educação e sim, por todos nós, enquanto professores, zeladores, merendeiras, secretárias e vigias”, reagiu a presidente do Sinte-Parnaíba. “Dentro daquela escola e em escola nenhuma, não existe ladrões, não existem vagabundos, existe sim, pessoas que trabalham e que cumprem as suas obrigações”.


piauihoje

NOTA DE ESCLARECIMENTO DOS PROFESSORES DA ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCA BORGES


BURITI DOS LOPES: Abastecimento de água acabará com sofrimento da população de São Domingos

O prefeito de Buriti dos Lopes, Júnior Percy (PTB) continua engajado em resolver problemas antigos da cidade de Buriti dos Lopes e também da zona rural do município. Percy tem elaborado projetos e buscado viabilizar apoio para levar infraestrutura e melhor qualidade de vida às pessoas que mais precisam.
Segundo o senhor Chico Rosa, morador antigo da comunidade São Domingos, é grande o sofrimento para conseguir acesso à água. Ele relata que atualmente os moradores recebem o produto lentamente e sem nenhuma qualidade, inclusive colocando em risco a saúde da população.
“A última vez que a gente viu água de qualidade aqui foi no governo da comadre Ivana. Aqui somos pobres, humildes e não temos condições de ir até a cidade para comprar água em garrafões. Esse benefício é de grande importância pra gente, é uma bênção dos céus que chega através do menino Junior Percy”, disse Chico Rosa.

O prefeito disse que continuará trabalhando para promover melhorias para a população e lamentou as situações constrangedoras que as pessoas viveram nos últimos anos. Segundo ele, a implantação do sistema de água vai beneficiar toda a região e será entregue o quanto antes para acabar com todo esse sofrimento.
“É muito triste presenciar situações como a do senhor Chocho que vive um grande sofrimento a espera de água e como ele, existe outros mais. Minha missão é administrar para os mais simples, as pessoas que mais precisam. Assim vamos promover melhorias de vida a essas pessoas e desenvolvimento em nosso município”, disse Percy.
Fonte: Ascom

domingo, 20 de agosto de 2017

Após sofrerem ofensas do prefeito Mão Santa, profissionais de escola municipal pedem providências ao SINTE

Trabalhadores da Escola Municipal Francisca Borges dos Reis, localizado no Bairro Frei Higino em Parnaíba reuniram-se na manhã deste domingo (20/08), com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí – Sinte/regional Parnaíba, para tratar do ocorrido na última sexta-feira (18), quando o prefeito Mão Santa adentrou o espaço escolar e destratou os profissionais da unidade perante a comunidade escolar com palavras de baixo calão como “vagabundos” e “ladrões”.
Na ocasião, os profissionais relataram o ocorrido e pediram apoio do sindicato para que as medidas devidas sejam tomadas e também, para que outros casos semelhantes não aconteçam nos espaços de educação do município. Durante a reunião, os trabalhadores demonstraram indignação, medo e também alguns bastante abalados com o ocorrido por terem presenciado a situação.

Conforme relatos, o conteúdo divulgado por assessores do prefeito Mão Santa em redes sociais não condiz com a verdade, entre as informações, o horário em que as crianças foram liberadas para a promoção da atividade. Outro ponto diz respeito a justificativa, pois professores e outros funcionários não deixaram de cumprir suas obrigações, e sim, organizaram atividade voltada para uma aluna e mãe que fazem parte da comunidade escolar. A criança está com problemas de saúde e precisa de uma biópsia.

A presidente regional do Sinte, Nadja Araújo, disse à reportagem, que o ato ocorrido dentro do município de Parnaíba é lamentável, onde os servidores da escola foram ofendidos como “ladrões” e “vagabundos”. “Nós, na segunda-feira, colocaremos uma nota de repúdio ao prefeito pelo fato de ele ter entrado na escola e ofendido trabalhadores em educação que estavam mobilizando um ato em favor de uma mãe que faz parte da comunidade escolar”.

“Dentro do nosso projeto político-pedagógico, a comunidade escolar faz parte da escola. Isto foi um ato insano que o prefeito fez, não quis ouvir as pessoas que estavam lá, simplesmente falou, gritou como se fosse o dono da verdade, o dono da razão. A verdade está com os trabalhadores em educação dentro daquela escola porque eles estavam fazendo um ato beneficente para ajudar uma mãe. Além da função social da escola, ela estava buscando ajudar uma mãe que é obrigação do próprio município fazer enquanto saúde, mas cadê a saúde do nosso município? Educação nós temos e não é dada pela Secretaria de Educação e sim, por todos nós, enquanto professores, zeladores, merendeiras, secretárias e vigias”, disse a presidente do Sinte.

Nadja Araújo ressaltou que não é verdadeira a informação de que as 8h30min os alunos já estavam sendo liberados. A verdade será dita, segundo ela, com a divulgação da nota de repúdio do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí – Sinte/regional Parnaíba. “Dentro daquela escola e de escola nenhuma, não existe ladrões, não existem vagabundos, existe sim, pessoas que trabalham e que cumprem as suas obrigações”.

Confira o vídeo

Por Tacyane Machado

Estudante de 18 anos, representante do Piauí, é eleita Miss Brasil

A candidata do estado do Piauí, Monalysa Alcântara, foi a vencedora do concurso Miss Brasil 2017, realizado na noite deste sábado (19) no Teatro Vermelhos, em Ilhabela, litoral de São Paulo.
A nova Miss Brasil tem 18 anos e é estudante de administração. Ela venceu outras 26 candidatas e irá representar o país no Miss Universo.
Em segundo lugar, ficou a modelo e estudante de gestão financeira Juliana Mueller, de 25 anos, representante do Rio Grande do Sul. A terceira colocada foi a também modelo e estudante de engenharia de produção Stephany Pim, 23 anos, que representou o Espírito Santo.
Em 2016, a vencedora foi a candidata do estado do Paraná, Raissa Santana, segunda negra a ganhar a competição.
Monalysa Alcântara tem 1,77 m, 57 kg, cintura 69 cm, quadril 95 cm e busto 87 cm.
Na fase de perguntas e respostas, a nova Miss Brasil afirmou que para representar o país em uma competição internacional não vai mudar de comportamento. "Serei eu mesma: uma mulher nordestina, que passou por diversas coisas, muitas dores que fizeram ser quem eu sou hoje".
G1

sábado, 19 de agosto de 2017

Funcionários de escola municipal são xingados de vagabundos e ladrões pelo prefeito Mão Santa.OUÇA O ÁUDIO

Resultado de imagem para MAO SANTA
Educadores da Escola Municipal Francisca Borges dos Reis, localizado no Bairro Frei Higino em Parnaíba foram surpreendidas pela visita do prefeito da cidade, Francisco de Assis Moraes Souza, “Mão Santa” na última sexta-feira pela manhã. Na ocasião, funcionários foram destratados pelo gestor do executivo municipal com palavras de baixo calão, entre elas, “ladrões” e “vagabundos”. Áudios compartilhados por trabalhadores da escola comprovam o fato.
No momento da chegada do prefeito, os alunos haviam sido liberados mais cedo, pois na escola, estava sendo organizado uma atividade (bingo beneficente) para arrecadar recursos para a realização de uma biópsia em um aluno, solicitada pelo médico por conta de um problema sério na pele. A diretora adjunta ainda tentou explicar a situação para Mão Santa, que não quis ouvir. Pelo contrário, continuou a disparar uma série de agressões verbais contra os educadores.

A diretora titular que no momento não estava na escola e chegou logo depois será exonerada pelo prefeito. O documento da exoneração foi fotografado por um dos assessores do prefeito e publicado na página do Facebook. O ato foi comemorado pelos seguidores de Mão Santa, que tentaram dar outra conotação ao ato.OUÇA O ÁUDIO.


A forma como educadores do município de Parnaíba vem sendo tratados é de causar espanto. É salutar a visita nas escolas do município, desde que as coisas sejam levadas a sérios, com respeito e tratando os profissionais com a dignidade que merecem. Mas desde o início do governo Mão Santa, as reclamações são inúmeras, de destrato, humilhação e outras ações que retratam assédio moral.

Atenção, Ministério Público Estadual e Conselho Municipal de Educação, tomem as providências!

EXTARPARNAIBA

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Em Parnaíba, internauta denuncia falta de estrutura na saúde pública municipal

Indignada, uma senhora usou o Facebook para relatar a falta de estrutura da saúde pública municipal em Parnaíba. De acordo com a fala, ela teria precisado retirar os pontos da cirurgia do filho e foi a quatro postos de saúde e nenhum havia material e ao procurar o Pronto Socorro Municipal, foi informada que esse procedimento como também, curativos só estão sendo feitos nos feriados e finais de semana.

Confira o relato completo!

Hoje precisei retirar so pontos da cirurgia do meu filho fui a quatro posto de saúde nenhum tinha material, então fui ao pronto socorro municipal me informaram q so estavam fazendo curativo e retirada de pontos nos feriados e finais de semana. Então fiz a ultima tentativa fui ou posto samaritana quando cheguei lá fui falar com a enfermeira q disse q não tinha material e o secretário de saúde do nosso município estava do lado deda então eu falei q era uma vergonha ter andado por cinco postos pra retirar so pontos do meu filho não ter material ele simplesmente fez de conta q não estava ouvindo, então a auxiliar por educação pediu q trouxesse ele q ela e dar jeito, me mostrou q so tinha um par de luvas e a pinça e uma tesoura . O senhor prefeito e secretário de saúde devem se preocupa com a saúde municipal pois esta uma vergonha não tem medicamentos e cada dia ta pior nos não precisamos so de praças . E sim saúde por q é muito mais importante.
O problema nas Unidades Básicas de Saúde vem “se arrastando” há meses, com a falta de médicos, falta de profissionais suficientes para atendimento, além da escassez de medicamentos e outros materiais necessários para o atendimento em saúde.

Por Tacyane Machado

Policlínica de Parnaíba funcionará a partir de outubro

Policlínica de Parnaíba funcionará a partir de outubro
O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reuniu-se, nesta quinta-feira (17), com o coordenador do curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI) de Parnaíba, Ivo Pedrosa, para definir as especialidades médicas que serão ofertadas pela Policlínica em Parnaíba. A estrutura prestará consultas especializadas e exames de imagem e laboratorial por meio de parceria entre as instituições.
Num primeiro momento, a policlínica atenderá a população da Planície Litorânea nas especialidades endocrinologia, cardiologia, neurologia, otorrinolaringologia e oncologia. A previsão é que até outubro as primeiras consultas já sejam realizadas.
Florentino explica que a implantação da policlínica integra um conjunto de ações para o atendimento especializado, como plano de descentralização de serviços em alta complexidade. “A policlínica vai servir para o atendimento à população, ao usuário do SUS, em várias especialidades médicas, e servirá também como campo de estágio para o curso de medicina da UFPI”, destaca o gestor.
O secretário ressalta a importância da abertura da policlínica, reforçando o município de Parnaíba como polo de saúde e “a integração cada vez maior dos nossos serviços de saúde na cidade de Parnaíba, integrando os serviços da futura policlínica, com os serviços prestados do Heda, e a UFPI, por meio do curso de Medicina e outros cursos da área da saúde”. Atualmente, o curso de Medicina tem 160 estudantes no campi de Parnaíba.
A policlínica funcionará onde atualmente funciona o curso de Medicina, cedido pela UFPI, que também disponibilizará os médicos especialistas, a Saúde entra com aporte financeiro para a readequação da estrutura e aquisição de equipamentos. O secretário se comprometeu em reunir-se com a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapepi) para definir incentivos aos professores e alunos que atuarão na policlínica.
Ivo Pedrosa diz que “é um ganho para população da região norte do Piauí, que vai ter à sua disposição uma policlínica bem aparelhada, moderna e com profissionais competentes, além do enriquecimento acadêmico dos nossos alunos”.
Além da unidade de Parnaíba, que deve ser implantada em até seis meses, a Secretaria de Estado da Saúde conta com uma unidade em Picos, em pleno funcionamento, e outra em fase de implantação em Floriano.
ccom

BURITI DOS LOPES: Luda Percy visita unidades de saúde e faz entrega de cadeiras de rodas

A Prefeitura de Buriti dos Lopes, através da Secretaria Municipal de Saúde esteve visitando algumas unidades básicas de saúde para ouvir os servidores e principalmente a população, no intuito de melhorar cada vez mais os serviços oferecidos.

A Secretária Luda Percy  e a presidente do conselho municipal de saúde Dra Gracília e a enfermeira Berenice  estiveram  à frente da comitiva e também realizaram a entrega de cadeiras de rodas nas comunidades Assentamento Iracema e na comunidade Coroa de São Remígio.
Luda agradeceu a recepção da população e disse que a doação de cadeiras de rodas é mais uma determinação do Prefeito Junior Percy no sentido de proporcionar bem-estar a população.
“Nós visitamos algumas unidades de saúde e acompanhamos de perto o trabalho desenvolvido pelos nossos colaboradores. Aqui no Assentamento e no povoado Coroa de São Remígio também realizamos a doação de cadeiras de rodas, essa é uma politica pública que o Prefeito Junior Percy tem nos orientado a promover. Cuidar da nossa população com atenção e dedicação”, completou Luda.
ascom/Buriti dos Lopes

Educadores sofrem perseguição política em Parnaíba

Os professores da rede municipal de Parnaíba têm sofrido uma série de ataques e perseguições por parte da prefeitura da cidade desde o início da gestão. De acordo com as denúncias recebidas pelo Extra Parnaíba, profissionais que tiveram escolha diferente do grupo político que assumiu a PMP tem passado por represálias, entre elas, perda de cargo. Em outros casos, educadores têm sido transferidos dos seus postos de trabalho.

Professores relatam que tem passado por pressão psicológica e isso tem interferido diretamente, no bem-estar das equipes de trabalho. Alguns profissionais já foram questionados por suas escolhas pessoais na última eleição. Por conta disse e de outras situações, há profissionais que inclusive tem sofrido com problemas de saúde por conta da situação.

O fato configura assédio moral, que trata-se da exposição de alguém a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. A relação hierárquica dos gestores tem beneficiado para que esta prática cruel seja cometido em espaços que deveriam ser exemplos de harmonia e educação.

Por Tacyane Machado

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Wellington Dias anuncia a doação de novas ambulâncias e gabinetes odontológicos para os 224 municípios


Durante o segundo dia do evento “Diálogo Municipalista – Desafios Locais 2017”, realizado pela Associação Piauiense de Municípios (APPM) em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o governador do Piauí, Wellington Dias, anunciou o plano de doação de novas ambulâncias e gabinetes odontológicos para os 224 municípios do Estado. O anúncio foi feito durante solenidade conduzida pelo presidente da APPM, prefeito Gil Carlos e que contou com a presença do senador Ciro Nogueira (PP), o secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, além da vice-governadora Margarete Coelho e outras autoridades.
 
O presidente da APPM, prefeito Gil Carlos pontuou que a saúde é uma das áreas mais destacadas pelo cidadão relacionada às melhorias e qualificação nas cidades. “O anúncio da doação de viatura de ambulância aos municípios, vem se somar a uma questão maior que é de fato termos um modelo de gestão de modo a operacionalizar melhor, de maneira mais otimizada, a transferência de pacientes entre as Unidades de Atendimento dos municípios que são referenciados pelos hospitais de referência regional e macrorregional”, disse o presidente.

Segundo o governador Wellington Dias, essa ação alcança todos os municípios do Estado viabilizando ambulâncias, além de equipamentos para as Unidades Básicas de Saúde. “É um momento importante para nosso Piauí em que o Ministério da Saúde investe em todos os municípios do Estado. Já acertamos para o próximo dia 23, mais uma parcela do co-financiamento e uma parcela da negociação que fizemos ano passado com os municípios no repasse para o custeio das Unidades de Saúde”, disse.

O senador Ciro Nogueira, articulador da iniciativa junto ao Governo Federal, destacou o empenho em busca de recursos para a saúde pública do país. “Existe um esforço do nosso governador Wellington Dias, mas temos algumas limitações financeiras no Estado, como vocês devem estar acompanhando. E nós achamos por bem fazer um trabalho junto ao ministro Ricardo Barros, mostrando as necessidades de um grande plano de obtenção de ambulância do país, priorizando o nosso Piauí”, enfatizou.
Outro anúncio realizado durante o evento diz respeito a intervenções em mobilidade urbana nos municípios, por meio do Programa Avançar Cidades do Governo Federal. O programa viabilizará financiamentos com recursos do FGTS para investimentos em infraestrutura nas cidades.  Segundo o presidente da APPM, prefeito Gil Carlos, isso será importante não só na melhoria da qualidade de vidas das pessoas, mas também movimentará a economia local gerando crescimento.
De acordo com o superintendente da Caixa Econômica Federal, Elizomar Guimarães, no próximo dia 28 será realizado no auditório da APPM um seminário para inscrever e orientar todos os gestores municipais em como se habilitar e adquirir o financiamento. “Eu quero fazer um convite para que no dia 28 a gente se encontre novamente aqui na APPM, onde a equipe técnica da Caixa fará uma apresentação dos critérios de seleção, como é o processo de inscrição junto ao Ministério das Cidades, quais são os municípios que podem se habilitar. Qual a documentação que precisa apresentar à Caixa”, disse.

ascom


Litoral do Piauí sedia primeira edição do Pedral Kitewave Pro

A combinação das altas ondas e vento forte da praia de Pedra do Sal, em Parnaíba, é o principal atrativo para ser palco da primeira edição do Pedral Kitewave Pro. O evento que traz uma das maiores tendências mundiais do Kitesurf: a modalidade Strapless, terá inicio nesta quarta (16) e segue até o dia 20 de agosto.

Serão dois campeonatos em cinco dias de baterias: nesta quarta (16) e quinta-feira (17) ocorre a etapa do estadual de kitewave e nos dias 18 a 20 é a vez da primeira etapa do brasileiro de WaveStrapless, onde os melhores do país vão em busca do título inédito. Além disso, atividades como skate, vôlei, slackline, ciclismo, ioga, capoeira, corrida, também serão desenvolvidas na praia durante o evento, que também traz apresentação de bandas e DJs.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo do Piauí (Setur), patrocina o evento. “Para nós é uma grande felicidade receber eventos que trabalham não só o nosso esporte, mas o social, o turismo e a economia. Tudo isso, envolvendo as pessoas da comunidade local, os demais turistas do estado e de outros países. O evento é grandioso e muito bem organizado, sem dúvidas a Pedra do Sal terá um fluxo maior de pessoas durante esses dias de evento e isso conta muito para divulgar o nosso belo litoral”, frisa o secretário de Estado do turismo, Flávio Nogueira Júnior.
Com a evolução da categoria Wave onde o atleta usa o Kite para surfar a onda e acumular pontos, os praticantes começaram a usar pranchas sem alça praticamente iguais às de surf tradicional. Isso deu uma renovada no mercado que passou a usar toda a representatividade que o surf já possui e o kite ganhou ainda mais adeptos. A dificuldade técnica aumenta e as manobras ganham ainda mais plasticidade, deixando o que já era radical, praticamente insano. Surfar com super-poderes é uma era que já chegou e tem nome: Kitesurf Strapless.

As manobras são próximas a praia, com saltos e giros além o envolvimento mais próximo da plateia que poderá acompanhar de perto e torcer. Atualmente o maior evento da modalidade acontece em Tarifa na Espanha, todos os anos, e esse será o primeiro no Brasil.

Fonte: Ccom

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Umbandistas comemoram o Dia de Iemanjá na praia de Luis Correia

No ultimo dia 15 de agosto, umbandistas da Tenda São João Batista comemoraram o Dia de Iemanjá, deusa das águas, na praia de Luis Correia.









Famoso Juriti da Agespisa também foi agraciado pelo prefeito Mão Santa com medalha

Famoso Juriti da Agespisa também foi agraciado pelo prefeito Mão Santa. Juriti foi o cara que facilitou a queda de Mão Santa no governo do Piauí. Ainda ganhou uma medalha.


Portal do Catita/ Foto:Supcom