quinta-feira, 24 de maio de 2018

A juventude parnaibana já teve esperança de um futuro melhor

Recentemente começou a circular nas redes sociais de forma viral, um vídeo com jovens de Parnaíba, em idade escolar, exibindo drogas e as colocando como referência do que esperam para seu futuro.  Este é o retrato do aparente não interesse de uma gestão pública municipal, sem espaço para o protagonismo juvenil em cenários favoráveis, vivenciando atividades saudáveis, que estimulem o desenvolvimento humano.

Florentino Neto, atual secretário de Estado da Saúde do Piauí, quando prefeito de Parnaíba criou e implementou o Programa Pró Estágio, iniciativa inovadora que contribuía com a inserção dos adolescentes e jovens de 14 a 24 anos, no mercado de trabalho.

Para ter acesso a uma vaga no programa, os estudantes deveriam estar devidamente matriculados em instituições públicas de ensino. Após uma seleção, eram encaminhados a espaços de estágios remunerados em empresas e órgãos públicos e/ou privados da cidade, com os quais a Prefeitura de Parnaíba firmava parceria. O poder público municipal era responsável pelo fardamento completo dos jovens, além de pagar a cada integrante do programa, metade do valor do estágio remunerado e a empresa ou órgão pagava a outra parte.

Mas diante de frequentes descasos explícitos com a educação municipal, por parte da atual gestão, testemunhando casos de falta merenda, de professoras que são destratadas pelo prefeito dentro das escolas municipais, diante de praças e outros equipamentos públicos como quadras poliesportivas abandonadas, principalmente na periferia da cidade, o que resta é o lamento pelo atual desmanche que a cidade amarga. Fica então a pergunta: o que mais podemos esperar?

Por Romualdo Neves

Governo investirá R$ 5 milhões para reforma e ampliação do Hospital de Luzilândia

O Hospital Estadual Gerson Castelo Branco, no município de Luzilândia, irá passar por reforma e ampliação em toda a estrutura. O investimento previsto é de aproximadamente R$ 5 milhões, recursos do Tesouro Estadual e do Ministério da Saúde.
Será reformada a área urgência, ambulatório, salas de observação, consultórios de suturas e consultas clínicas, o serviço social, toda a parte da acessibilidade, além da ampliação para 42 leitos.

Segundo o superintendente de Assistência à Saúde da Sesapi, Alderico Tavares, o grande objetivo da ampliação do Hospital Gerson Castelo Branco é a valorização do atendimento humanizado. “Será um novo hospital, totalmente reformado e ampliado, onde poderemos ofertar um melhor serviço à população”, comenta Tavares. 

Luzilândia já recebeu, este ano, investimentos na ordem de R$ 2 milhões pelo programa Renova Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde. Foram entregues aparelho de anestesia, mesas cirúrgicas, poltronas, macas e aparelho de viodeolaparoscopia, que permitiu que o Gerson Castelo Branco se tornasse o primeiro hospital do interior do estado, da rede pública, a realizar esse tipo de procedimento menos invasivo, a viodeolaparoscopia. Alderico diz que já foram mais de 30 cirurgias videolaparoscópicas realizadas em Luzilândia.
Os projetos executivos da obra estão sendo finalizados e posteriormente será iniciado o processo de licitação. O primeiro depósito para o início da obra já está assegurado junto à Caixa Econômica Federal.

Fonte: Sesapi

Novo Data Center estadual vai hospedar sistema de investigação


Durante audiência na sede da Secretaria de Segurança Pública do Piauí nesta quarta-feira (23), o diretor geral da ATI-PI, Avelyno Medeiros e o diretor técnico David Amaral, trataram sobre a implantação do Sistema de Investigação de Registros Telefônicos e Telemáticos - SITTEL no estado com o secretário Rubens Pereira.

A parceria entre a Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e a Secretaria de Segurança Pública será mais uma iniciativa do Governo do Piauí visando garantir mais segurança e modernização aos processos investigativos. A ATI deve hospedar o sistema em seu data center e adaptá-lo às necessidades das forças policiais do Estado. Com o sistema será possível ter mais celeridade nos processos de investigação criminal.

Participaram do encontro o Coronel Jorge Felipe, o escrivão Venceslau Felipe e o delegado Kleydson Ferreira.

ascom

Guardas patrimoniais de Parnaíba estão insatisfeitos com corte de horas extras

Mais um golpe contra os servidores! Dessa vez, os guardas patrimoniais de Parnaíba sentiram na pele o desrespeito contra o trabalhador. Tudo porque, o município “tesourou” cerca de 50% das horas extras da categoria.
Mas os guardas pretendem mandar o seu recado para gestão. Deverão sair das escolas municipais por volta das 5h. As unidades de educação ficarão sem vigilância até o início das atividades pela manhã.

Para o município, o corte é uma economia de R$ 125,00 (cento e vinte e cinco reais) por trabalhador. Para o servidor, faz muita falta, pois acrescenta na renda familiar. Para a comunidade, grandes prejuízos, pois sem vigilância, o número de arrombamentos tende aumentar.

Vale a pena economizar, Prefeitura de Parnaíba?

Por Tacyane Machado - Blog Extra Parnaíba

PT pode abrir mão da chapa pura por reeleição da senadora Regina Sousa


Senadora Regina Sousa (Foto: Cidadeverde.com)
A possibilidade da senadora Regina Sousa (PT) ser candidata à reeleição na chapa de Wellington Dias (PT) tem crescido. Essa mudança passa pelas negociações com relação à chapa pura.
A negociação seria que caso o PT desista da chapa pura, o caminho para Regina Sousa assumir a vaga estaria liberado. A mudança é discutida internamente no partido.
Apesar dessa possibilidade, a tese da chapa pura ainda tem o apoio da maioria dos petistas. 
Contrário a essa tese estão os petistas mais ligados ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB).
O presidente estadual do MDB, Marcelo Castro, esteve reunido com Wellington Dias e levou reivindicações dos deputados. Sem o chapão, já tem deputado do MDB defendendo o apoio ao pré-candidato Luciano Nunes.
Para resolver esse impasse, Wellington coloca agora ao partido à possibilidade do nome de Regina. O objetivo do governador é evitar que a base se divida. 

Lídia Brito

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Comissionados denunciam que Gracinha está obrigando-os a participar da visita dos ministros a Parnaíba

Servidores do município que possuem cargos comissionados entraram em contato com o Blog Extra Parnaíba para denunciar que foram “convocados” a participar da visita dos ministros da Casa Civil e Integração Nacional, Moreira Franco e Antônio de Pádua, respectivamente, que acontecerá nesta quinta-feira à cidade de Parnaíba.
“Mesmo sendo cargo de confiança, acho que a gente tem liberdade de escolher se quer ir ou não, mas foi uma ordem da secretária filha do prefeito”, relatou o servidor que não quis se identificar por medo de represálias. Quem não obedecer a ordem, poderá perder a portaria do município.

Por Tacyane Machado

Vereador Bernardo Lima amarga o "fogo amigo" da primeira- dama Adalgisa Moraes Souza

O vereador Bernardo Lima(PP), um dos maiores defensores da gestão do prefeito Mão Santa, está amargando o "Fogo Amigo" por parte  da primeira-dama Adalgisa Moraes Souza e seus assessores.
Segundo informações, uma advogada que presta serviço à Prefeitura de Parnaíba  foi orientada por Adalgisa a ingressar com uma Ação Judicial contra Bernardo Lima.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Partidos políticos devem fazer convenções de 20 de julho a 5 de agosto

Medium votoyyyyyEm dois meses, partidos políticos poderão começar a realizar convenções para escolher oficialmente candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal, deputado estadual ou distrital. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), essas convenções devem ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto.
Depois, segundo o calendário eleitoral de 2018, eles têm até as 19h do dia 15 de agosto para apresentar ao TSE o requerimento de registro de candidatos a todos os cargos pleiteados. No dia 16 de agosto, ficará permitida a propaganda eleitoral.
Até lá, a partir do momento em que houver a deliberação da chapa na convenção e o registro dela, fica permitida a formalização de contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física e virtual de comitês. O pagamento efetivo, contudo, só poderá ocorrer após a obtenção de registro de CNPJ do candidato e a abertura de conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e emissão de recibos eleitorais.
Pré-campanha
Antes da oficialização, há a possibilidade de efetivação da chamada pré-campanha. Essa etapa passou a ser legalizada pela minirreforma eleitoral de 2015, que reduziu o tempo oficial de campanha de 90 para 45 dias. A minirreforma introduziu, na Lei Geral das Eleições (Lei 9.504/97) a figura do pré-candidato, ao qual é permitido expor posições políticas e a menção à pretensa candidatura, mas não pedir votos.

O secretário judiciário do TSE, Fernando Maciel de Alencastro, explica que “está contemplada a divulgação de posicionamento pessoal sobre questões políticas, inclusive nas redes sociais”. A pré-campanha começou a valer nas eleições municipais em 2016, mas está mais difundida nesta, inclusive pela possibilidade de pré-candidatos arrecadarem recursos por meio de sites cadastrados pelo TSE.
A orientação geral para o período é de que nesta fase devem ser evitados gastos de campanhas. “Não se vê, nesse período da pré-campanha, previsão de prestação de contas. Se presume que não haverá gastos substanciais pelo menos”, explica Alencastro.
Limite de gastos
O dia 20 de julho é também o último dia para a Justiça Eleitoral divulgar os limites de gastos para cada cargo eletivo em disputa. Antes, no 31 de maio, o TSE divulgará, na internet, o quantitativo de eleitores por município, dado essencial para o cálculo do limite de gastos e do número de contratações diretas ou terceirizadas de pessoal para prestação de serviços referentes às atividades de militância e mobilização de rua nas campanhas eleitorais. Já no dia18 de junho será divulgado o montante de recursos disponíveis no Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

Agência Brasil

Secretaria de Estado da Saúde implanta Telemedicina no Hospital Dirceu Arcoverde em Parnaíba

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e área interna
O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) passa a contar a partir dessa segunda-feira (21/05), com a Telemedicina, um sistema de intermediação tecnológica, uma iniciativa do Governo do Piauí através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a agência de Tecnologia da Informação (ATI), que contribui com mais melhorias para o atendimento aos pacientes que procuram o hospital, para tratamentos de saúde. A implantação do sistema no HEDA é a segunda etapa do Programa Telemedicina no Piauí.
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna
Na solenidade de implantação, o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto destacou a capacidade do Piauí em modernizar os sistemas de atendimento em saúde, que desta vez por meio da internet e fibra ótica, juntamente com a atuação de profissionais da tecnologia e dos hospitais, por uma causa maior, que é a saúde pública. Florentino parabenizou as equipes dos dois hospitais, que passam contar com a possibilidade de otimizar e melhorar cada vez mais o atendimento à população piauiense.
Em seu pronunciamento, o Governador Wellington Dias destacou o esforço das equipes da Sesapi e da ATI, que apresentam resultados bastante satisfatórios a partir de uma tecnologia desenvolvida por agentes genuinamente piauiense, desta vez ligada a ações de saúde. Para o governador, este é um momento histórico para a Saúde do Piauí, que integra profissionais de dois grandes hospitais da rede pública Estadual, o Hospital Getúlio Vargas e Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, na união e troca de experiências, que farão toda a diferença no atendimento das unidades e que atendem grade parte da população piauiense e também de outros Estados.
A imagem pode conter: 15 pessoas, incluindo Neris Junior e Pedro Pinto, pessoas sorrindo, pessoas sentadas
A nova ferramenta de trabalho, segundo Adrízia Fontenele, diretora do HEDA, descentraliza ainda mais o atendimento em saúde no Estado e além de dar ainda mais agilidade às constatações de diagnósticos, diminuirá também a freqüência de transferências de pacientes de Parnaíba, para a capital Teresina. 
Participaram da solenidade de lançamento do sistema de Telemedicina do HEDA, equipes do hospital compostas por médicos, residentes, administração e também convidados, que prestigiaram o evento que aconteceu simultaneamente em Teresina e em Parnaíba.

Romualdo Neves

BAIRRO SÃO VICENTE DE PAULA: Prefeitura abandona Praça dos Missionários Redentoristas


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Caminhoneiros protestam contra alta do diesel em 10 estados

Caminhoneiros fazem protestos nesta segunda-feira (21) contra o aumento no valor do diesel. A última alta diária ocorreu na sexta (18), quando a Petrobras elevou os preços do diesel em 0,80% e os da gasolina em 1,34% nas refinarias. Foi o 5º reajuste diário seguido. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo.
A Petrobras diz que as revisões podem ou não refletir para o consumidor final – isso depende dos postos. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
No início da manhã havia atos em pelo menos 10 Estados: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Veja a seguir a situação em cada um deles:
Bahia
Manifestantes fecharam vias nas cidades de Amélia Rodrigues, Vitória da Conquista e Itatim. A concessionária ViaBahia informa que um trecho da BR-324, em Amélia Rodrigues, a cerca de 90 km de Salvador, foi interditado nos dois sentidos. Por volta das 8h, havia 12 km de congestionamento.
Interdições ocorrem também em dois pontos da BR-116: no km 814, em trecho da cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, onde os dois sentidos da rodovia estão interditados; e no km 521, trecho de Itatim, também no sudeste do estado. Os manifestantes fecham os dois sentidos da rodovia no local.
Ceará
Um grupo de caminhoneiros bloqueou um trecho da rodovia BR-020 (Avenida Quarto Anel Viário), entre Fortaleza e a cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), caminhoneiros pararam os veículos no acostamento e queimaram pneus na pista. Foi formado um congestionamento de 5 km.
Espírito Santo
Manifestação deixou a BR-101 fechada por cerca de uma hora, no km 301, em Viana, na Grande Vitória. Equipes da PRF estiveram no local e fizeram acordo com os motoristas para que eles colocassem os veículos no acostamento e liberassem a pista. Houve lentidão no trânsito, por volta das 6h, mas a situação foi normalizada.
Protesto de caminhoneiros em Viana (Foto: Luciney Araújo/ TV Gazeta)
Goiás
Grupos de caminhoneiros fecharam várias distribuidoras de combustíveis em Goiânia e Senador Canedo, na Região Metropolitana. O protesto da categoria é em defesa da criação do piso para o frete pago pelas empresas, além de ser contra o aumento do preço do óleo diesel.
Caminhoneiros bloqueiam entrada de caminhões em distribuidora de Goiânia, Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Minas Gerais
Uma faixa da Rodovia Fernão Dias no km 513, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi fechada pelos manifestantes no sentido São Paulo.
Ainda na Grande BH, houve protesto no km 511 da BR-040, Ribeirão das Neves, na pista sentido capital mineira. No km 368 da BR-262, em Juatuba, também na Grande BH, a rodovia foi parcialmente fechada durante toda a madrugada.
A categoria se manifesta na Região da Zona da Mata, nos kms 699, em Barbacena, e 808 da BR-040, em Matias Barbosa.Em Oliveira, no Centro-Oeste, há protesto no km 617 da Rodovia Fernão Dias.
Protesto de caminhoneiros causa congestionamento em Minas (Foto: Reprodução/TV Globo)
Paraíba
Uma paralisação ocorre na Alça Sudoeste, em Campina Grande. Os manifestantes interditaram a BR-104, no sentido Campina Grande-Queimadas. A rodovia está sendo liberada apenas para os carros de passeio.
Paralisação bloqueou BR-104, em Campina Grande (Foto: Felipe Valentim/TV Paraíba)
Paraná
Na BR-116, em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, uma das duas faixas sentido São Paulo está interditada no km 67.
Manifestantes bloqueiam também uma faixa em cada sentido da BR-277 em Paranaguá, no litoral do Paraná, no quilômetro 6 da rodovia.
No norte do estado, na PR-090, na entrada para Assaí, caminhoneiros são proibidos de passar pela rodovia, apenas carros de passeio e ambulâncias têm liberação.
Rio de Janeiro
Os motoristas protestam no trevo da Rodovia Niterói-Manilha e também na altura de Campos dos Goytacazes, no acostamento da pista. Os protestos também acontecem na Via Dutra, altura de Seropédica, na Baixada Fluminense.
Às 6h26, o trânsito era intenso na Rodovia Washington Luís, altura de Duque de Caxias. Os caminhoneiros também fazem ato no acostamento do km 274, em Barra Mansa, acompanhados pela Polícia Rodoviária Federal.
Às 6h26, trânsito era intenso na Rodovia Washington Luís. (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Rio Grande do Sul
Em São Sebastião do Caí, caminhoneiros chegaram a bloquear os dois sentidos da ERS-122, na altura do km 16, por duas vezes. Os bloqueios duraram 30 minutos. A PRF ainda não informou o tamanho do congestionamento nas ocasiões.
Em Taquara, manifestantes bloquearam o tráfego na ERS-020, queimando pneus às margens da rodovia. Na BR-290, a freeway, foi registrada queima de pneus embaixo do viaduto que dá acesso à fábrica da General Motors, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Por volta das 4h, o fogo havia sido controlado.
Outro ponto de protesto foi no trecho da BR-101, em Três Cachoeiras, próximo da divisa com Santa Catarina. Os manifestantes abordam caminhoneiros pedindo para aderirem à paralisação.
Caminhoneiros fazem protesto no RS (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
São Paulo
Na Marginal Pinheiros, na capital paulista, quatro caminhões ocuparam as quatro faixas e seguiram bem lentamente para reduzir a velocidade dos veículos de trás. O protesto começou pouco antes da altura da Ponte Estaiada, no sentido Castelo Branco. Na Zona Leste, pelo menos 12 caminhões realiza um ato parecido na Avenida Jacu Pêssego. Uma ação semelhante também é realizada na AV. Escola Politécnica, no Jaguaré, Zona Oeste da cidade.
Um dos atos ocorre no km 160 da Dutra, em Jacareí, no Vale do Paraíba. Também há mobilização no km 101, em Pindamonhangaba. A passagem é bloqueada nestes dois pontos apenas a caminhoneiros e segue normal para os demais motoristas.
Caminhões fazem bloqueio nas faixas da pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castelo Branco, em protesto contra preço dos combustíveis (Foto: Reprodução/TV Globo)
Fonte: G1

Wellington Dias vai a evento de partido que negocia com João Vicente

A agenda do governador Wellington Dias (PT) desta segunda-feira (21) se encerra com a participação em evento político que irá reunir lideranças do PRTB e PRP.  Apesar da base aliada já agregar um número significativos de partidos, para Wellington sempre haverá espaço para mais uma legenda.
 
É o caso do PRP. A direção do partido faz parte do grupo de 11 partidos que conversam com o ex-senador João Vicente Claudino (PTB). Porém, o presidente da legenda Laércio Borges, esteve recentemente no Palácio de Karnak, em reunião com Wellington, e agora o petista participa de evento da sigla.
 
Aliados afirma que a estratégia de Wellington é esvaziar o grupo de apoio a uma possível candidatura de João Vicente ao Governo do Estado. Em reunião realizada no mês passado, esses partidos chegaram a pedir que o petebista se lance candidato. 
 
A reposta de João Vicente deve ser dada hoje. Os partidos emergentes irão se reunir e discutir o número de pesquisa que foi encomendada pelo ex-senador. Com base nos dados do cenário político local, eles devem anunciar se apoio João Vicente ou se seguem outro caminho como o apoio ao governador Wellington Dias (PT). 

Lídia Brito- Foto:WilsonFilho/CidadeVerde.com

Sem ajuda da Prefeitura de Parnaíba, Fundação Ninho passa por dificuldades

Durante muito tempo a Fundação Ninho, em Parnaíba, ajudou muitas mães solo e adolescentes, contando também com a ajuda da Prefeitura, que destinava anualmente uma quantia em torno de 150 mil reais. Segundo criadora da Fundação, Zulmira Petronília Aguiar, 86 anos, havia um convênio que garantia um valor em dinheiro para a manutenção das atividades, mas foi cortada pela atual gestão.
“Falei com a Adalgisa de Moraes Souza, Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania e ela explicou que poderia ajudar com o valor de R$ 930,00 (novecentos e trinta reais), uma verba que vem através do Governo Federal. Voltei à fundação, reuni as mães com as crianças e expliquei a situação. E disse que no momento só poderia ajudar cada família com cestas básicas. E ficou acertado que sempre às sextas-feiras eu disponibilizaria uma cesta básica. E assim está sendo feito”, disse Zulmira Aguiar.
Com a voz emocionada e os olhos lacrimejantes, Dona Zulmira recebeu a reportagem do “Tribuna do Litoral” e relembrou com detalhes toda a história, desde o início da criação da Fundação Ninho, em 1983. A senhora de 86 anos é uma mulher que mudou a história de várias mulheres na cidade de Parnaíba.
Durante a entrevista, ela se emocionou ao falar da visão que teve, no início de tudo, com Nossa Senhora. “Nessa visão ela vinha ao meu encontro e eu pensava que era um retrato. Quando eu rodeei pela coluna, ela também veio pelo outro lado. Nesse momento eu falei pra ela: “minha mãe, enquanto vida eu tiver eu garanto que eu vou trabalhar pra você. Naquele mês de maio começamos o trabalho de evangelizar de casa em casa com um pequeno grupo, pregando a palavra de Deus”, relembra.
Foi na Rua Coronel Joaquim Antônio, que na época era local que possuía vários prostíbulos, que dona Zulmira focou em seu projeto de evangelização. “As minhas companheiras de grupo não passavam por essas ‘casas’ e então eu falei que aquelas pessoas eram as que mais precisavam ouvir a palavra. Foi quando as visitas começaram. Não foi um começo fácil, mas estava lançado o desafio”, relata.

Dona Zulmira viu que as prostitutas não tinham outra atividade além da vida noturna e resolveu ensiná-las atividades manuais como corte, costura, crochês e bordados. Todo material e máquinas eram da benfeitora. Para isso, alugou um bar que estava desativado próximo aos prostíbulos e então conseguia reunir no local, várias mulheres. Os cursos duraram dois anos até que o proprietário vendeu o antigo bar e ela teve que transferir a pequena escola para a garagem da sua casa.

“Foi uma briga com a minha família. Ninguém queria. Lá, além de catequizar as meninas, eu também recebia os filhos delas. Quando souberam que a escola ia fechar foi um “chororô”, mas não deixei isso acontecer. Eu queria que aquelas mulheres tivessem outra atividade, que aprendessem a fazer outra coisa porque aquela vida delas na noite não duraria por muito tempo”, conta a presidente da fundação.

Zulmira falou dos problemas que teve de enfrentar com as donas dos prostíbulos. Elas começaram a reclamar que as mulheres não estavam disponíveis aos clientes quando eles queriam.“Eu disse para as madames que as mulheres iriam ficar na escolinha, mas quando um parceiro chegasse elas iriam atendê-lo e eu me comprometi a dar até perfume. “Não estou aqui para acabar com o trabalho de vocês”, declarou.

A Fundação atendia até o ano de 2016, 30 mulheres e 30 adolescentes em dois períodos, manhã e tarde, no curso de corte e costura. Todas elas tinham direito a almoço, lanche e jantar, e ainda tinha um local adequado para seus filhos. Infelizmente, no ano de 2017 com a entrada do novo prefeito, não teve como manter o funcionamento da fundação.

Hoje a fundação só possui dois funcionários: Francinete Silva e um motorista que acompanha dona Zulmira. Atualmente, a instituição que chegou a atender cerca de 220 famílias, continua oferecendo café da manhã e uma sopa no final da noite para 30 moradores de rua. “Eu não poderia de deixar esses homens desamparados. Porque muitos não têm amor por eles e eu tenho. Quero dizer que esse local (a Fundação) não é de Zulmira, mas aqui é um lugar santo, do Senhor”, concluiu com sua bela lição.


Fonte: Camila Neto/ Blog do B.Silva

sábado, 19 de maio de 2018

Candidatos ao seletivo da Prefeitura Parnaíba estão preocupados com a falta de registro de pagamento de inscrição

Vários candidatos inscritos no processo seletivo da Prefeitura de Parnaíba entraram em contato com o Blog Extra Parnaíba para falar da preocupação quanto ao registro de pagamento da inscrição no site da organizadora do certame, o Instituto Legatus. De acordo com alguns inscritos, o pagamento foi realizado ainda no mês de abril, mas nada consta no site da empresa.
O seletivo visa o preenchimento de vagas no quadro de pessoal do município nos cargos de professor dos anos iniciais da Educação Básica, professor de Educação Física, professor de Inglês, professor de Ciências, professor de Artes, professor de História, professor de matemática, professor de Português e professor de Geografia.
O que mais tem preocupado os candidatos diz respeito à proximidade da data para realização das provas, pois deverá acontecer no dia 27 de maio do corrente ano. Um dos inscritos relata ainda, que o Instituto está descumprindo o item 5.7 do Edital, que dispõe, que em até 72 horas após o pagamento do boleto, a confirmação da inscrição pelo candidato estará disponível no endereço eletrônicowww.institutolegatus.com.br, no link “Confirmação de Inscrição”, disponível na página inicial do site.


Extraparnaiba

PARNAÍBA: Hospital Estadual Dirceu Arcoverde inicia Telemedicina segunda-feira


A Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepserh) e Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), iniciam nesta segunda-feira (21) o Programa da Telemedicina no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. A teleconferência de abertura será realizada com o Hospital Getúlio Vargas (HGV) às 16h.
Imagem Ilustrativa
O programa tem a intenção de integrar os hospitais públicos do Piauí, por meio de mediação tecnológica e rede de fibra ótica, tendo como referência o Hospital Getúlio Vargas, referência em atendimentos de média e alta complexidade. “Um dos nossos objetivos é promover a atualização tecnológica dos nossos hospitais e a inserção de novas tecnologias, assim, teremos melhores condições de funcionamento nos hospitais, melhores condições de trabalho e consequentemente uma melhor oferta de serviços à população”, diz o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, explicando que o serviço será ampliado para Piripiri e Picos nas próximas etapas. 

Por meio de videoconferência e suporte de internet, os médicos e residentes do HEDA discutirão procedimentos, diagnósticos e prescrições com os profissionais do HGV.  A implantação da telemedicina em Parnaíba faz parte da segunda etapa do programa, o serviço já foi implantado em Floriano mostrou maior rotatividade de pacientes e redução da mortalidade. 

Será dado apoio a diversas especialidades médicas, dependendo da avaliação da gestão e locais dos hospitais, além de dar aos alunos das residências médicas do HEDA acesso à novas informações e contato com profissionais mais bem qualificados de todo Estado, tendo esse link direto com o hospital de referência de alta complexidade do Piauí,  que é o HGV, como explica Neris Júnior, diretor da Unidade de Descentralização e Organização Hospitalar. 

“Nesse primeiro momento a telemedicina vai atuar em diversas especialidades dentro do HEDA, como na neurologia, a parte de ortopedia, cirurgia geral e pediátrica e na parte de clínica médica. Com a telemedicina estaremos reforçando mais ainda a descentralização do conhecimento e das orientações técnicas da capital para os hospitais do interior”, completa o diretor.

Fonte: Sesapi

sexta-feira, 18 de maio de 2018

TÁ ERRADO!


O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi), Constantino Júnior,  se reuniu com os Policiais Civis de Parnaíba para tratar da greve, até  aqui tudo bem, o estranho foi que Constantino Júnior trouxe a tiracolo para a reunião dois pré-candidatos, um a deputado estadual e outro a federal. Alguns policiais questionaram a presença dos pré-candidatos.
Como diz Amadeu Campos: "Tá errado. É uma lástima Deoclecio!"

CALOTE: Unidade Básica de Saúde módulo 35 está fechada por falta de pagamento de aluguel

Hoje pela manhã, a proprietária de imóvel localizado na Rua Leste, Bairro Piauí, pediu que desocupassem o seu imóvel por falta de pagamento da Prefeitura de Parnaíba. A dívida se acumulou por vários meses, o que gerou transtornos para a senhora. Houve várias tentativas por parte da dona do imóvel, mas não teve retorno.
No imóvel funciona a Unidade Básica de Saúde, módulo 35, que atende moradores do Bairro e região. Além desse, o Blog Extra Parnaíba recebeu informações que, o imóvel onde funciona o Conselho Municipal de Saúde foi pedido hoje pelo mesmo motivo. A sede se encontra fechada por conta disso.

A Fundação Nacional de Saúde, repassou no corrente ano à Prefeitura de Parnaíba, o montante de R$ 24.457.358,88 (vinte e quatro milhões quatrocentos e cinquenta e sete mil trezentos e cinquenta e oito reais e oitenta e oito centavos), para o custeio, apoio financeiro e extraordinário, da assistência farmacêutica, atenção básica e especializada, atenção de média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar e vigilância em saúde. 

Cadê o dinheiro? 

Por Tacyane Machado

Governo assegura recursos para melhorias no HGV e hospitais de Piripiri e São Raimundo Nonato

Ascom FepiserhCom uma pauta que incluía solicitação de recursos para aquisição de equipamentos para realização de cirurgias cardíacas no Hospital Getúlio Vargas (HGV); credenciamento de 10 novos leitos para o Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri; agilidade no processo de liberação de verbas já garantidas para reforma e ampliação do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato; além da compra de equipamentos para os 20 leitos da UTI do hospital que estão em fase de construção, o presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), Rafael Neiva, se reuniu, nessa quarta-feira (16), em Brasília, com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.
O encontro foi articulado pelo senador Ciro Nogueira e pela deputada federal Iracema Portella. Também participaram da reunião, o deputado estadual Pablo Santos e a diretora do HGV, Fátima Garcêz. Ciro e Iracema já haviam conduzido uma visita técnica do secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Rogério Abdalla, à Teresina, para conhecer a realidade física e estrutural dos hospitais geridos pela fundação, no fim de abril.
Ciro explicou a importância de levar as solicitações diretamente ao ministro. "Sobre os equipamentos para o HGV, temos uma longa fila de atendimentos e o hospital precisa de toda aparelhagem para poder oferecer a cirurgia cardíaca, além dos requerimentos para as outras casas. Agradeço ao ministro Gilberto Occhi pela atenção, respondendo positivamente aos nossos pedidos", conta Nogueira.
Iracema Portella pontuou o encontro como positivo para as demandas pleiteadas. "Visita de extrema importância para saúde do nosso estado. Tratamos sobre melhorias e investimentos para infraestrutura dos hospitais administrados pela Fundação Hospitalar, em especial, o setor de Cardiologia do HGV, habilitação da UTI do Hospital de Piripiri e recursos para São Raimundo Nonato", ressalta a parlamentar.
O presidente da Fundação Hospitalar destacou a relevância da visita à Brasília. "Primeiramente agradecer o empenho do senador Ciro Nogueira e da deputada Iracema Portalla em levantar a pauta junto ao ministro da Saúde. Nosso encontro foi muito proveitoso, pois asseguramos recursos para continuar as melhorias em nossa rede hospitalar da Fepiserh. Serão beneficiados o HGV e hospitais de Piripiri e São Raimundo Nonato", informa Rafael Neiva.
Autoria: Ascom Fepiserh

PTB mantém reivindicação pela vice, mas depende de João Vicente

PTB mantém reivindicação pela vice, mas depende de João Vicente O PTB mantém a reivindicação pela vaga de vice na chapa majoritária do governador Wellington Dias  (PT). O partido busca um espaço na chapa governista, mas tem dificuldades devido à indefinição da principal liderança da sigla no Piauí, o ex-senador João Vicente Claudino  ( PTB).
O governador falou sobre a situação do partido, mas lembrou que é preciso conversar com as demais legendas. 
"O PTB apresenta uma proposta enquanto partido e reivindica uma vaga na chapa majoritária. A partir de agora vamos tratar com o PTB, mas junto somado também com a percepção dos demais partidos", declarou Dias.
Wellington afirma que o nome de Janaínna Marques é um bom nome, mas lembra que qualquer definição ao sairá em julho.  "A liberdade para o governador como coordenador e escolher qualquer dos nomes do PTB. A deputada Janaínna é um nome muito destacado e muito importante", afirmou.
 
Com relação a João Vicente Claudino,   Wellington não descarta  o diálogo. "Quem me conhece sabe. Eu sou do diálogo. Sempre aberto ao diálogo e ao entendimento.

Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com 

Inauguração do novo Fórum de Parnaíba acontecerá nesta sexta(18)


O Presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Erivan Lopes, vai inaugurar nesta sexta-feira (18), às 9h, o novo Fórum da Comarca de Parnaíba.
A solenidade contará com a presença de representantes dos poderes Executivo, Legislativo do estado e da cidade de Parnaíba, bem como desembargadores, magistrados e servidores do Poder Judiciário.

Novo Fórum de Parnaíba
Foto: Divulgação/AscomNovo Fórum de Parnaíba

O novo Fórum de Parnaíba tem área total de 2,523,53m² sendo 1467,08m² distribuídos no pavimento térreo e 1.056,45m² no pavimento superior. Está construído em três blocos, sendo dois blocos destinados as seis varas judiciais e 01 Juizado Especial Cível e Criminal, e 01 bloco destinado ao Tribunal do Júri. Cada Vara conta com secretaria para 10 pessoas, sala de audiências, gabinete de juiz com banheiro privativo, recepção e sala para 02 assessores.
O Juizado Cível e Criminal conta com secretaria para 06 pessoas, 01 sala de audiências, gabinete de juiz com banheiro privativo, recepção, sala para assessor jurídico, 02 salas de audiências de conciliação e 02 salas de audiências com juiz leigo. O bloco do Tribunal Popular do Júri conta com auditório, sala de testemunhas, banheiros, sala para advogado, cela feminina e cela masculina.
O prédio ainda conta com sala para OAB, oficiais de justiça, certidões, distribuição, Defensoria Pública, Ministério Público, sala para Assistente Social, sala para psicólogos, sala para depoimento sem dano, brinquedoteca, banheiros públicos e banheiros para servidores, bem como copas.


GP1/Debora Dayllin

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Bingo beneficente em prol de Nicolas Gabriel


REGREDIU: A Parnaíba voltou 20 anos em 2

Recentemente, o Presidente da República, Michel Temer lançou em comemoração aos seus dois anos de desgoverno, o slogan “O Brasil voltou 20 anos em 2”. A frase caiu como “uma luva” para a desastrosa administração do interventor, que tem menos de 5% de aprovação, conforme recente pesquisa do CNT/MDA. O slogan também pode ser atribuído ao prefeito Mão Santa, pois “A Parnaíba voltou 20 anos em 2”.
Mão Santa trouxe de volta a velha política, que faz mal, adoece e destrói. A política do medo, do assistencialismo, da perseguição, da incompetência, da bajulação, da acomodação. São quase dois anos, dois longos anos para os parnaibanos que vem sofrendo as consequências da escolha de um ex-governador do Piauí, o primeiro do Brasil cassado por corrupção.

Escolas depredadas, servidores vítimas de assédio moral, falta de merenda escolar, escolas sem materiais básicos, escolas sem auxiliar de educação especial, professores contratados com salários atrasados, educadores ofendidos com nomes de baixo calão como “vagabundos e ladrões”, crianças tendo que comer alimentação estragada.

Ruas esburacadas, praças com verdadeiro matagal, prédios públicos abandonados, asfalto “estilo americano sonrisal”, pontes de acesso a comunidades caindo aos pedaços. Postos de saúde sem médicos, postos sem medicamentos e materiais básicos para o atendimento em saúde. Pronto Socorro Municipal sem a estrutura necessária para prestação de serviço a população. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU com apenas uma ambulância e também, sem a estrutura devida para o atendimento aos parnaibanos. Os pacientes com câncer também tem sofrido com a redução de investimentos para dar o suporte necessário a eles na capital, Teresina.

O prefeito também disparou algumas “pérolas”, entre elas, que a cidade de Parnaíba não precisa do tratamento de câncer, pois não tem tradição para realizá-la. O gestor foi alvo de críticas até mesmo do ex-ministro da saúde, Ricardo Barros.

A desorganização da estrutura administrativa, com saída de inúmeros secretários. Na maioria dos casos, exoneração regada a muitas brigas e total descontrole emocional por parte de alguns que compõe o governo municipal. Filha e esposa do prefeito a frente de vários cargos. Um prefeito sem autonomia, que não atende e nem tem direito de ocupar o seu gabinete na Prefeitura. Uma total desmoralização para a cidade, desrespeito pela coisa pública!

Parnaíba regrediu! Voltou à época, da pintura de meio fio, foguetaria acompanhada pela Banda Municipal e distribuição de medalhas. Parnaíba realmente voltou 20 anos em 2!

Extra Parnaiba

Deputados vão a Brasília cobrar liberação de empréstimo para conclusão de obras no Piauí

Resultado de imagem para fabio novoA conclusão de obras importantes para o Piauí depende da liberação da segunda parcela do empréstimo do governo do Estado junto ao Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), de R$ 315 milhões. Nesta quinta-feira (17), o deputado estadual Fábio Novo (PT) e uma comissão de mais três parlamentares se reúnem com o presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Souza, em Brasília, para cobrar e reforçar a liberação desse recurso para o Estado.
"Esses recursos são muito importantes para garantir a conclusão de várias obras no Estado. Nós vamos a Brasília defender a liberação da segunda parcela do empréstimo. A oposição pode até pedir a fiscalização na aplicação de recursos, mas não o bloqueio. É a hora de pensar em quantas pessoas serão beneficiadas, independente de política”, afirma Fábio Novo.
Também participarão da reunião os deputados estaduais Georgiano Neto (PSD), Liziê Coelho (MDB) e Hélio Isaías (Progressistas).
O deputado usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (16) para destacar a importância de recursos federais na melhoria do transporte coletivo, citando como boa notícia a aquisição do primeiro Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para Teresina.
“Serão três VLTs. O primeiro já foi apresentado pelo governador do Estado, Wellington Dias. São investimentos de R$ 228 milhões voltados para a melhoria do transporte público. É a população que ganha”, completa.
Novo citou, ainda, a recuperação de trechos importantes de rodovias, a exemplo da BR-135, que depende da liberação de recursos federais.
 
 
Da Redação/cidadeverde

quarta-feira, 16 de maio de 2018

OPINIÃO:Mão Santa,Gracinha e a infeliz decisão de realizar o São João da Parnaíba no Verdinho


O prefeito Mão Santa e a "prefeita" Gracinha decidiram realizar o São João da Parnaíba dentro do Verdinho.
 A decisão foi tomada sem  combinar com os grupos culturais, que estão se organizando para irem na prefeitura na manhã desta quinta-feira (17) para tentar reverter a decisão .
Infelizmente, as terriveis mudanças feitas pelo prefeito Mão Santa estão a cada ano acabando com o brilho do festival de quadrilha da cidade.
Além  de que, a escolha do Verdinho  é  simplesmente para ligar  o São João da Parnaíba à  imagem do sobrinho do prefeito que será candidato a deputado, ou seja, querem transformar um festival cultural num evento político.
Estão acabando com tudo.
Deus salve Parnaíba!

PARNAÍBA: Moradores denunciam abandono da Praça Piauí

Populares que residem no entorno da Praça Piauí, localizada no Bairro Pindorama, denunciam as condições do logradouro público. A princípio, pelas imagens, ninguém identifica que se trata de uma praça, que deveria servir para lazer da população. Mato alto e sujeira tomam conta do espaço.
Importante a construção de espaços públicos na cidade com o objetivo de contemplar a cultura e turismo, mas o que se tem visto, é que há uma prioridade na avenida principal da cidade (Avenida São Sebastião), com o intuito de “maquiar” a situação dos outros bairros, que não dispõe de áreas específicas para o entretenimento.

Por Tacyane Machado

PTB acerta o passo com Wellington Dias, mas chapa majoritária só com aval de João Vicente

Após conversa com o presidente estadual do PTB, deputado federal Paes Landim, o governador Wellington Dias se reuniu com a deputada estadual Janaínna Marques. Na parte política da conversa, foi confirmada a presença do PDT na aliança governista. O governador sinalizou para coligação proporcional com todos os partidos aliados. Na composição majoritária, a vaga do PTB não é descartada, mas é vinculada ao apoio e presença do ex-senador João Vicente Claudino, possibilidade remota na conjuntura política atual.
Tempo real

terça-feira, 15 de maio de 2018

Wellington Dias está perto de resolver impasse da chapa proporcional



Governador Wellington Dias
Nesta segunda-feira (14) o governador Wellington Dias (PT), na solenidade de entrega de equipamentos hospitalares do Programa Renova Saúde, disse que está perto de chegar a um entendimento acerca da disputa proporcional para as eleições deste ano. Ele também voltou a defender o “chapão”.

O chefe do executivo piauiense disse acreditar que está próximo de um acordo na formação da chapa proporcional. “Estamos muito próximos do entendimento. Eu diria que avançamos bastante em relação ao que tínhamos no mês de abril. Eu quero agora em maio, começo de junho, dar as condições de poder anunciar aquilo que é uma vontade do conjunto, dos líderes. A gente tem que olhar aquilo que é melhor do ponto de vista do Piauí. Um time que tem responsabilidade de um projeto de desenvolvimento para o Piauí, um projeto que tem esse olhar para melhor a expectativa de vida, para melhor na educação, renda, gerando emprego, ou seja, para isso acontecer tem por trás um conjunto de líderes. Temos que ter a melhor bancada na Assembleia e na Câmara, no Senado e para eleição de governador e de vice. Ou seja, essa estratégia nós vamos fazer pensando sempre no melhor para o Piauí”, destacou Wellington Dias.

O Partido dos Trabalhadores definiu que para a disputa para deputado estadual, vai para uma chapa pura. Já para deputado federal, eles ainda não tomaram uma decisão. O fato dos petistas não estarem interessados em se aliarem com todos os partidos aliados, para a formação de um “chapão”, tem gerado críticas e o próprio governador manifestou que é a favor da união das siglas.
“Eu defendo que a gente tenha as condições de uma chapa conjunta, porque ela leva em conta a regra das eleições. A regra das eleições, ela considera que quando você tem o resultado da eleição, uma parte dos estaduais, dos federais, são eleitos pelo quociente eleitoral, quociente cheio como a gente chama popularmente. Uma outra parte, a sobra chamada, ela é feita pela média, que beneficia quem tem a maior concentração de votos em uma chapa. Mas repito, é através do entendimento que vou dialogar com todos os partidos", explicou.
Questionado se acredita que vai conseguir entendimento com PT, ele afirmou que "nós já tratamos várias outras eleições e sempre levamos em cada conjuntura o melhor para aquela conjuntura".
Disputa majoritária
Na chapa majoritária que será encabeçada por Wellington Dias, foram definidas apenas a vaga de governador e uma de senador, que será de Ciro Nogueira (Progressistas). Faltando ainda definir quem irá ocupar a de vice e outra ao senado. A indefinição tem causado preocupação aos aliados, que acreditam que isso tem prejudicado a base e tem causado atritos entre as siglas que disputam os cargos.
Questionado se já estaria certa a vice-governadoria para o MDB, o gestor desconversou. “Nós estamos tratando não só com o MDB, porque não é possível um entendimento apenas com um partido, pois temos um conjunto de partidos [para dialogar]”, finalizou Dias.

GP1